“Living Single”, a série com atores negros que “Friends” teria copiado

Seriado contava com um sexteto de protagonistas e se passava em Nova York, além de outras semelhanças

Exibida na década de 1990, a série “Living Single” tem como enredo a vida de seis amigos que moram em Nova York, mais precisamente no bairro do Brooklyn. Juntos, eles compartilham suas experiências particulares e profissionais, com alguns toques de comédia e romance. Essa premissa lembra muito “Friends”, não concorda?

Afinal, uma das séries mais famosas e queridas da história da TV também explora a vida de seis amigos que moram em Nova York — apesar de estarem em Manhattan — e compartilham suas experiências de vida.

- Advertisement -

Será que “Living Single” copiou “Friends”? Na verdade, há quem diga que o oposto ocorreu pelo simples fato de a atração ter estreado um ano antes de sua coirmã famosa.

Sobre “Living Single”

“Living Single” fez sua estreia na televisão americana em 22 de agosto de 1993 e concluiu sua exibição em 1º de janeiro de 1998. O seriado foi transmitido pelo canal Fox e contou com um total de 118 episódios, divididos entre 5 temporadas.

Diferente de “Friends”, que começou a ser exibida em 22 de setembro de 1994, os seis personagens principais de “Living Single” eram compostos por quatro mulheres e dois homens, todos de origem afro-americana, que viviam no mesmo conjunto de apartamentos no Brooklyn.

Em um apartamento, vive um trio de mulheres composto por: Khadijah James (Queen Latifah), editora de uma revista; Synclaire James (Kim Coles), prima de Khadijah que é uma aspirante a atriz e trabalha como recepcionista; e Regina Hunter (Kim Fields), uma estilista e fofoqueira de plantão.

Khadijah James (Queen Latifah) em “Living Single”

Já em outro apartamento do local, vivem os amigos Kyle Barker (T.C. Carson), um corretor da bolsa de valores; e Overton Jones (John Henton), especialista em realizar reparos domésticos.

Para completar o sexteto de personagens principais do show, temos Maxine “Max” Shaw (Erika Alexander), uma advogada que é a melhor amiga de Khadija e costuma passar bastante tempo no apartamento do trio de protagonistas femininas.

Maxine “Max” Shaw (Erika Alexander) em “Living Single”

Elogios e reflexões

Além de ter sido considerada uma série de temática leve e divertida, “Living Single” também foi bastante elogiada por sua representatividade junto aos negros. Lembre-se que o show foi exibido nos anos 1990, época em que tal assunto, muitas vezes, era ignorado.

Por exemplo, os personagens tinham empregos muitas vezes associados a brancos – como editora de revista, advogada e corretor da bolsa de valores. Estereótipos não eram abordados e o show também representava a comunidade com bastante respeito e precisão.

Leia também:  O que Bruce Dickinson achou de Paul Di'Anno ao vê-lo cantar pela 1ª vez

Para a plataforma Blavity Inc, Erika Alexander falou um pouco sobre o tema e o legado deixado pela série:

“Representatividade importa. Existem pessoas que me procuram e estão em posição de poder, sejam elas políticos ou advogados, e me dizem que assim que viram Max, Kyle e Khadijah, se enxergaram naquelas posições.”

Kim Coles não pensa diferente. Para a Entertainmet Tonight, afirmou:

“Tínhamos um irmão que usava dreadlocks e trabalhava em Wall Street e uma mulher que chefiava a própria revista. Era algo muito poderoso e acho que permanece até hoje.

Synclaire James (Kim Coles) em “Living Single”

“Friends” copiou “Living Single”?

É difícil afirmar, garantidamente, que “Friends” se inspirou em “Living Single”. Não há como negar, contudo, que existem muitas semelhanças entre as duas atrações.

Primeiro, o simples fato de os dois shows serem protagonizados por um sexteto de personagens, que são vizinhos, moram em Nova York e em alguns casos, se conhecem desde a infância. Além disso, existem muitas similaridades entre eles.

Por exemplo, Khadija e Monica eram as personagens que gostavam de convidar os amigos para seus apartamentos e sempre saíam distribuindo conselhos. Já Kyle ficou conhecido por gostar de jogar cantadas nas amigas de Khadija em “Living Single”, bem ao estilo de Joey em “Friends”.

Kyle Barker (T.C. Carson) em “Living Single”

Synclaire ganhou fama por ter sido o alívio cômico de “Living Single”, graças aos seus comentários ingênuos e sem noção que costumava fazer – muitas vezes em momentos inoportunos. Quem também tinha este mesmo costume em “Friends” era Phoebe.

Além destas semelhanças da ambientação e personagens, os episódios dos dois shows também já abordaram enredos semelhantes. Por exemplo, Max e Monica não podiam ter filhos da maneira “tradicional”.

Por falar em Monica, no final de “Friends”, ela acaba se casando com Chandler. Assim como Synclaire e Overton também foram morar debaixo do mesmo teto na conclusão de “Living Single”.

Synclaire James (Kim Coles) e Overton Jones (John Henton) em “Living Single”

Uma rápida curiosidade que vale ser citada é que por muito tempo, os dois shows competiram pela preferência do público. Após sua primeira temporada, “Living Single” passou a ser exibida no mesmo dia e horário de “Friends” nos Estados Unidos — quinta-feira à noite —, justamente para a Fox tentar “roubar” a audiência da rival NBC.

A opinião do elenco de “Living Single”

O elenco de “Living Single” já deixou claro, em diversas oportunidades, acreditar que “Friends”, de fato, copiou a ideia do show. Para eles, trocaram apenas os atores negros por brancos.

Leia também:  O terrível show do The Doors que inspirou Iggy Pop e toda uma geração

Em entrevista para o programa de TV “Watch What Happens Live with Andy Cohen”, Queen Latifah afirmou que Warren Littlefield, ex-executivo do canal NBC, criou “Friends” justamente por conta de “Living Single”.

“É uma daquelas coisas, sabe. Esse cara chamado Warren Littlefield, que costumava chefiar a NBC, foi perguntado: ‘se existe algum seriado que você gostaria de ter, qual você escolheria?’. Ele respondeu: ‘Living Single’. E aí, ele ajudou a criar ‘Friends’.”

Para o canal Comedy Hype, do YouTube, John Renton deixou bem clara sua insatisfação com “Friends”.

“Eu fiquei irritado porque não ganhamos nenhum crédito (pela ideia). Não tivemos qualquer reconhecimento, isso é o que mais me incomodou. Era muito semelhante. Eram seis pessoas negras que viviam em Nova York contra seis pessoas brancas que viviam em Nova York. Dizem que ‘Friends’ foi o show mais criativo do mundo, mas Yvette (Lee Bowser, criadora de ‘Living Single’) não teve qualquer crédito.”

Há alguns anos, o ator David Schwimmer, que interpretou Ross em “Friends”, disse em uma entrevista que gostaria de ver um reboot de seu seriado protagonizado por negros. Erika Alexander não perdoou o colega e o lembrou da existência de “Living Single”.

Em seu perfil no Twitter, a atriz afirmou o seguinte.

“Ei, David Schwimmer, é sério que você nunca ouviu falar de ‘Living Single’? Nós que inventamos o formato! De nada, irmão.”

Em resposta, Schwimmer se desculpou, dizendo:

“Eu não quis dizer ou sugerir que ‘Living Single’ não existia ou que não veio antes de Friends, o que eu tinha conhecimento de que aconteceu. Eu era fã de ‘Living Single’ e não quis dizer que ‘Friends’ foi a primeira do tipo. Pelo que sei, ‘Friends’, que veio um ano depois, foi inspirada na vida de seus criadores. Se foi inspirada em ‘Living Single’, só eles poderiam dizer. Mas me parece bem plausível que ‘Friends’ tenha sido aprovada após encorajamento pelo sucesso de ‘Living Single’. Se for o caso, temos um débito enorme com vocês, por pavimentarem o caminho.”

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidades“Living Single”, a série com atores negros que “Friends” teria copiado
Augusto Ikeda
Augusto Ikedahttp://www.igormiranda.com.br
Formado em jornalismo pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Atua no mercado desde 2013 e já realizou trabalhos como assessor de imprensa, redator, repórter web e analista de marketing. É fã de esportes, tecnologia, música e cultura pop, mas sempre aberto a adquirir qualquer tipo de conhecimento.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades