Quando o Judas Priest voltará a tocar no Brasil, segundo Ian Hill

Lendária banda de heavy metal cairá na estrada para divulgar o novo álbum “Invincible Shield”, mas América do Sul ainda não está na rota

O Judas Priest acaba de lançar o álbum “Invincible Shield” e vai cair na estrada para divulgar o novo trabalho. Isso, claro, já anima os fãs brasileiros com a possibilidade de uma nova passagem pelo país.

­

- Advertisement -

No entanto, o baixista Ian Hill pediu paciência. Ao que tudo indica, os britânicos devem aparecer pela América do Sul apenas em 2025, após uma série de datas ao redor do mundo.

Em entrevista ao repórter Bernardo Araújo, do jornal O Globo, o músico falou falou sobre o novo disco de inéditas e vários assuntos relacionados à banda. Perguntado sobre uma nova passagem pelo Brasil, Hill explicou a agenda do Priest, mas não terminou a resposta sem soltar um elogio aos brasileiros.

“Peço um pouco de paciência. Temos uma agenda lotada de shows pela Europa, depois América do Norte, voltamos para os festivais do meio do ano, depois mais América do Norte e Japão. Mas apareceremos por aí em algum momento. Vocês são tão loucos quanto nós, é uma combinação perfeita.”

Analisando a agenda do grupo, dá para ver que Ian Hill não mentiu: as datas seguem de março até o início de outubro de forma quase ininterrupta. Sendo assim, fica claro que seria complicada uma vinda ainda em 2024.

Leia também:  Governo dos EUA deve processar Live Nation por violação de leis antitruste

A última passagem do Priest pelo Brasil ocorreu em dezembro de 2022. Na ocasião, fizeram um show solo em São Paulo tendo o tributo ao Pantera na abertura e outra apresentação no festival Knotfest, também na capital paulista. Relembre os shows nas fotos a seguir.

“Invincible Shield” e Brasil de fora

Para os mais fanáticos, o Judas Priest pode estar em dívida com os fãs brasileiros. Isso porque, na última quinta-feira (7), a banda organizou festas de lançamento de “Invincible Shield” em 30 cidades pelo mundo. É bem verdade que a maioria das cidades ficava nos Estados Unidos ou Europa, principalmente na Alemanha, mas na América do Sul, apenas Buenos Aires recebeu o evento.

Leia também:  Linda McCartney morreu há 26 anos; veja outros fatos da música em 17 de abril

No dia seguinte, o novo álbum foi lançado oficialmente. Trata-se do 19º disco de estúdio do Judas Priest. Ele chega a público por meio da Epic/Sony e encerra um hiato de seis anos sem material inédito — o trabalho anterior no formato, “Firepower”, saiu em 2018.

A produção é assinada por Andy Sneap, que atua também como guitarrista do grupo em turnês. A formação é completa por Rob Halford (voz), Richie Faulkner (guitarra), Ian Hill (baixo) e Scott Travis (bateria).

O também guitarrista Glenn Tipton segue listado como membro oficial e participa do disco. No entanto, ele se encontra afastado da maior parte das atividades devido ao Parkinson, doença que revelou ter em 2018. Não se sabe o quanto o músico esteve envolvido com o álbum.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasQuando o Judas Priest voltará a tocar no Brasil, segundo Ian Hill
André Luiz Fernandes
André Luiz Fernandes
André Luiz Fernandes é jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo (UMESP). Interessado em música desde a infância, teve um blog sobre discos de hard rock/metal antes da graduação e é considerado o melhor baixista do prédio onde mora. Tem passagens por Ei Nerd e Estadão.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades