Duff McKagan revela aprendizados vocais que teve com Axl Rose

Baixista do Guns N' Roses descreveu colega de banda como um "mestre", além de muito esforçado

Duff McKagan acredita que Axl Rose seja um “mestre vocal”. Tanto é que o baixista do Guns N’ Roses — que também canta em seu trabalhos solo e assume o microfone ocasionalmente na banda — comentou ter aprendido muito com o colega nesse sentido. 

Conversando com o podcast Broken Record, conforme transcrição da Ultimate Guitar, o músico elegeu o amigo como um dos melhores cantores de todos os tempos. Logo em seguida, justificou a escolha.

- Advertisement -

Ele disse:

“Você tem que colocar Axl entre os melhores vocalistas, só pelo o que eu o vi fazer ao longo de todos esses anos e o quão duro ele trabalha. Ele faz aquecimentos vocais pré-show por uma hora e meia, além de exercícios vocais pós-show por mais uma hora e meia — e nós fazemos muito shows. Ele é um mestre. Aprendi muito com ele.”

McKagan, então, explicou algumas das técnicas que aprendeu com Rose. O baixista comentou:

“Sobre dinâmica, como mover o seu corpo enquanto canta e quais movimentos você deve fazer. Como inclinar a laringe quando você precisa que as vogais das palavras ganhem destaque… coisas muito específicas, como quando você precisa que o som da letra ‘a’ saia mais forte. Detalhes de como fazer isso, porque é tudo muito minucioso, nota por nota. Ele é meu parceiro, um mestre, trabalha muito esforçadamente.”

Elogios a outros cantores

Além de Axl, Duff destacou que admira também uma série de vocalistas. Por isso, aproveitou a oportunidade para citar o talento de alguns deles.

Leia também:  O perigoso presente dado a Ozzy que fez Sharon repreender o responsável

“Robin Zander é incrível. Caras assim ou Ann Wilson, que é uma cantora genuína. William [DuVall] do Alice in Chains, Henry [Rollins] do Black Flag… eu gosto das pessoas reais, da coisa real.”

Duff McKagan como vocalista

Apesar de cantar em seus trabalhos solo — como “Lighthouse”, lançado em outubro último —, Duff McKagan nunca teve vontade de liderar vocalmente uma banda. Durante o mesmo bate-papo, ele explicou o motivo:

“Acho que é por causa da maneira como cresci. Nunca quis seguir na música para pegar garotas, usar drogas ou qualquer outro motivo que costumam dizer. Eu realmente queria encontrar uma grande banda onde todos fizessem sua parte e fossem ótimos em seus papéis. Mas é divertido ser cantor nos meus próprios discos, que são mais como leituras de livros. Estou contando histórias, conversando um pouco. Não estou tentando ser nada que não sou. Já toquei com pessoas que queriam ser cantores a todo custo. Isso é um problema.”

Duff McKagan e Axl Rose

No fim do ano passado, em entrevista ao Trunk Nation (transcrita pelo Blabbermouth), Duff McKagan revelou como está se sentindo em relação à fase atual do Guns N’ Roses. Na ocasião, acabou exaltando seus colegas de longa data – sobretudo as habilidades vocais de Axl Rose.

Leia também:  Rock in Rio 2024: dia do rock é um dos 3 ainda sem ingressos esgotados

“A banda está arrasando. Axl é um mestre. Eu o vejo cantar todas as noites durante três horas. Aprendi muito com seu canto. E Slash é outro mestre. Então, é realmente gratificante estar nesse grupo. Fazemos longas turnês e shows.”

Anos atrás, durante participação no podcast Mohr Stories, o baixista já havia destacado o mesmo ponto:

“Eu era um garoto punk de Seattle e o ouvi cantar no fim de 1984. Ele tinha a intensidade de Henry Rollins, mas realmente podia cantar. Ele tinha essa coisa de voz dupla, grave e aguda. Claro, ele nasceu com certos talentos, mas ele trabalha muito. Ele estava fazendo aulas de canto, aquecimentos naquela época. Hoje, quando fazemos shows, ele faz uma hora e meia de aquecimentos vocais puros. Daí, fazemos três, três horas e meia de show. O cara se tornou um mestre.”

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesDuff McKagan revela aprendizados vocais que teve com Axl Rose
Maria Eloisa Barbosa
Maria Eloisa Barbosahttps://igormiranda.com.br/
Maria Eloisa Barbosa é jornalista, 22 anos, formada pela Faculdade Cásper Líbero. Colabora com o site Keeping Track e trabalha como assistente de conteúdo na Rádio Alpha Fm, em São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades