A guerra de pegadinhas em turnê com Foo Fighters e Red Hot Chili Peppers

Convívio e clima descontraído geraram amizade duradoura entre as bandas

Os músicos do Red Hot Chili Peppers estiveram entre os que fizeram as manifestações mais emocionadas após o falecimento do baterista Taylor Hawkins, ocorrido recentemente. E não é para menos, já que a banda excursionou com o Foo Fighters na virada do século.

Na série de vídeos The First Time, da Rolling Stone (transcrita pelo CheatSheet), Chad Smith lembrou que a interação não era apenas de amizade, mas também de muita descontração. Não foram poucas as brincadeiras de bastidores.

- Advertisement -

Ele começa lembrando uma que ajudou a fazer.

“Em 1999 fizemos uma extensa turnê americana juntos e eu me tornei muito amigo deles, especialmente de Taylor. Então, começaram as brincadeiras. Como você sabe, o baterista não se move durante o show. Com isso, decidi derrubar coisas na cabeça dele. Um dia, coloquei milhares de M&Ms logo acima e puxei a corda ao final da música. Foi muito engraçado. Também usei outras coisas, todas macias e sem risco. Nada de facas.”

Porém, é claro que teria troco.

Leia também:  A contribuição de John Paul Jones ao som do Led Zeppelin, segundo o próprio

“No último show da turnê, jogaram bolas de pingue-pongue e glitter em mim. Foi bom, mas meio estranho. Estávamos filmando um DVD, então pode ser visto o que aconteceu. Eles estavam do lado do palco, dando risada. Achei que tinha acabado, mas de repente, cai uma tonelada de massa na minha cabeça. Parecia um monte de cobras, me pegaram direitinho.”

Foo Fighters, Red Hot Chili Peppers e… mamilos!

A MTV americana acompanhou uma parte do giro conjunto em questão. Um dos registros mostrou um momento um tanto quanto íntimo e alcoolizado das farras. Na ocasião, Chad deu lambida no mamilo esquerdo de Dave Grohl enquanto este entoava “I Want it That Way“, dos Backstreet Boys, no karaokê.

Leia também:  Steve Harris revela o curioso segredo físico para seu som de baixo

Chad Smith e a saudade de Taylor Hawkins

A amizade perdurou a ponto de Taylor Hawkins ter se tornado padrinho de Beckett, filho de Smith. Após a morte do antigo titular das baquetas do Foo Fighters, o companheiro de armas se emocionou ao lembrá-lo durante entrevista ao canal Drumeo.

Ele era simplesmente uma pessoa incrível, eu o amo e sinto muitas saudades. Sabe aquela coisa de dizer que sente falta de alguém todos os dias? Eu não pensava nele todos os dias quando estava aqui, mas, tipo, literalmente, no último ano… É estranho, cara. É tão estranho.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesA guerra de pegadinhas em turnê com Foo Fighters e Red Hot...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades