Por que Chad Smith foi odiado pelos colegas de Red Hot Chili Peppers no início

Estilo headbanger do instrumentista não agradou os colegas, que acabaram convencidos por seu talento

Quem acompanha a carreira de Chad Smith fora do Red Hot Chili Peppers sabe que o baterista é um grande apreciador do hard rock e do heavy metal. Mesmo em um grupo não tão adepto da agressividade, o músico faz questão de manter o lado pesado de sua personalidade sonora na ativa.

Porém, quando foi fazer um teste para a banda que o consagraria, o estilo quase o impediu de ficar com a vaga. O produtor Michael Beinhorn acompanhou o processo de perto e revelou o que viu e precisou administrar em entrevista ao canal de Rick Beato no YouTube.

- Advertisement -

Conforme transcrição do Ultimate Guitar, ele contou:

“Chad apareceu no último dia, estávamos esgotados, sentados e nos sentindo mal. De repente chega esse cara grande, olhando ao redor da sala como se fosse o dono do lugar. Todos nós o odiamos imediatamente. Todo mundo apenas olha e diz: ‘Que idiota! Parece que ele pertence a uma banda de metal’. Usava uma bandana na cabeça e coisas assim. Simplesmente não parecia a pessoa certa. Fiquei pensando comigo mesmo: ‘Só quero que esse cara vá embora’. Então falei: ‘Qual é o seu nome? Chad? Nome perfeito. Toque sua bateria e dê o fora’.”

Ainda assim, como mágica, tudo mudou na primeira música que tocaram juntos.

Leia também:  A curiosa sensação de Josh Freese ao entrar para o Foo Fighters

“O cara se senta na bateria. E desde a primeira batida eu pensei: ‘Oh meu Deus!’. E ele também era jovem. Tocava com postura. Parecia engraçado fazendo poses, mas era muito bom! E algo aconteceu naquela sala que só experimentei algumas vezes na minha vida. Literalmente parecia que um portal de energia havia sido aberto.”

Red Hot Chili Peppers e “Mother’s Milk”

Em 2014, Chad recordou o início da parceria em entrevista à Rolling Stone. À época, se comemorava 25 anos de “Mother’s Milk” (1989), seu primeiro disco no RHCP.

“Na época, havia aquela grande cena da Sunset Strip: o Guns N’ Roses e o Mötley Crüe estavam acontecendo em grande estilo. O Chili Peppers era maio que uma banda antagônica, não queriam nada disso. Nem eu, só parecia aquilo porque sou de Detroit. Assim que começamos a tocar, todas as diferenças foram jogadas pela janela.”

A empolgação gerou um trabalho elogiado. O sentimento foi compartilhado pelos envolvidos.

“Foi mágico, parecia um novo capítulo para a banda. Anthony (Kiedis, vocalista) estava sóbrio à época. Foi definitivamente uma coisa nova para nós e eu adorei. Pensei: ‘Isso é ótimo!’”

Sobre Chad Smith

Nascido em St. Paul, Minnesota, Chad Gaylord Smith começou a tocar bateria aos sete anos. Autodidata, foi influenciado pelos grandes nomes do rock. Após as primeiras experiências em bandas, passou a ser influenciado por R&B e funk, desenvolvendo seu próprio estilo.

Leia também:  Tradição e vanguarda dão o tom do Pearl Jam em “Dark Matter”

Em 1988 se tornou integrante do Red Hot Chili Peppers, tendo participado de todas as atividades do grupo desde então. Também é membro do Chickenfoot, que ainda conta com Sammy Hagar, Joe Satriani e Michael Anthony. Embora não tenha atividades nos últimos anos, oficialmente o conjunto ainda existe.

Entre outros projetos está o Bombastic Meatbats, formação instrumental de jazz fusion que já lançou dois discos de estúdio e um ao vivo. Também já gravou e tocou ao vivo com nomes como Johnny Cash, Glenn Hughes, John Fogerty, Ozzy Osbourne e Tarja Turunen, entre vários outros.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesPor que Chad Smith foi odiado pelos colegas de Red Hot Chili...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades