A bizarra ocasião em que o Slipknot tentou processar o Burger King

Rede de fast food americana criou banda fictícia com máscaras para promover lanche novo

Em 2005 o Slipknot lançou o álbum “Vol. 3 The Subliminal Verses”. Produzido por Rick Rubin, ganhou discos de platina nos Estados Unidos, Austrália e Canadá, além de ouro na Inglaterra, Alemanha, Japão e Nova Zelândia, impulsionado por hits como “Duality” e “Before I Forget”.

No mesmo ano, a rede de fast food Burger King lançou uma nova opção de lanche com frango frito. A empresa desenvolveu uma campanha publicitária apresentando uma banda falsa chamada COQ ROQ, cujos membros usavam máscaras que lembravam as do Slipknot.

- Advertisement -

Os fãs chamaram a atenção do grupo para a semelhança, o que fez Corey Taylor e companhia entrarem com uma reclamação na justiça alegando quebra de copyright.

Leia também:  Dave Mustaine diz que ainda está lidando com Kiko Loureiro fora do Megadeth

Olhando o vídeo abaixo, não dá para não fazer a conexão. Confira a seguir.

Um trecho da apelação diz:

“É óbvio que a publicidade de televisão e o site são projetados para evocar a imagem e a personalidade de uma apresentação ao vivo do Slipknot. Além de capturar o clima e a alta intensidade de energia de um show, os membros do Coq Roq usam máscaras que incluem uma máscara de gás como a usada por Sid Wilson, outra estilo kabuki como a de Joey Jordison e mais com dreads como a de Corey Taylor.”

O Burger King entrou com uma contra ação pedindo um julgamento declaratório, enquanto argumentava que o Slipknot, por si só, já se inspirava em outras bandas, citando nomes como Kiss, Gwar, Insane Clown Posse, Mushroomhead e Mudvayne, entre outros.

Leia também:  A história do álbum de estreia dos Smiths e a criação do indie rock

O fim de Slipknot vs. Burger King

Em uma reviravolta anticlimática dos acontecimentos, os dois lados acabaram abandonando seus respectivos casos e a campanha publicitária seguiu seu curso. O produto se tornou um sucesso, figurando entre os mais vendidos do cardápio do Burger King.

O Coq Roq chegou a gravar um EP com 4 faixas, mas as atividades não seguiram adiante após alguns problemas internos.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesA bizarra ocasião em que o Slipknot tentou processar o Burger King
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades