Alanis Morissette descobre que tios-avós foram mortos no Holocausto

Durante participação no programa “Finding Your Roots”, cantora também soube de outros detalhes acerca de sua origem e antepassados

Alanis Morissette ficou surpresa com recente descoberta a respeito da própria família.  Durante episódio da série “Finding Your Roots”, responsável por explorar a árvore genealógica das pessoas participantes, a cantora soube que seus tios-avós, Gyorgy e Sandor Feuerstein, morreram no Holocausto.

A equipe da produção teve acesso às informações por meio de registros no World Holocaust Remembrance Center (via Consequence). Antes, havia a crença de que os parentes da artista desapareceram após entrarem para um batalhão na Rússia. Mas, conforme as pesquisas, os dois na verdade faleceram enquanto trabalhavam forçadamente.

- Advertisement -

Já era conhecido o fato de que seu avô materno, Imre Feuerstein, sobreviveu ao Holocausto. Depois disso, na década de 1950, ele saiu da União Soviética — acompanhado da mãe de Morissette, então com seis anos — e mudou-se para Ontário, no Canadá, onde reconstruiu sua vida.

Por muito tempo, a família manteve sua herança judaica em segredo. Alanis não fazia ideia de que era judia até seus 28 anos de idade, como fez questão de relembrar:

“Acho que existia certo medo, eles estavam nos protegendo e querendo que não passássemos pelo antissemitismo.”

Mais descobertas de Alanis Morissette

Ainda por causa do programa, a cantora constatou que seu tataravô nasceu no que hoje é a Ucrânia. Também compreendeu outros detalhes sobre seus antepassados, já que o “Finding Your Roots” rastreou os seus parentescos nos últimos 200 anos. 

Leia também:  Confira horários de shows do I Wanna Be, festival orientado ao emo e pop punk

“Eu não tinha ideia de como eu sou super judia. Me sinto acolhida numa comunidade pela qual sempre tive uma proximidade. Eu sempre me senti próxima do judaísmo e eu só fazia parte dos [comemorações judias] Pessach e Sêder de Pessach. Agora eu sei o porquê!”

Caso de Paul Stanley

Além de Alanis Morissette, outro artista recentemente soube mais detalhes sobre as origens da própria família. Com seus pais já falecidos, o vocalista e guitarrista do Kiss, Paul Stanleypediu ajuda de jornalistas para tentar descobrir mais sobre o que teria acontecido antes de sua vinda ao mundo.

O músico ficou sabendo que, aos 12 anos de idade, sua mãe foi forçada a fugir da Alemanha para escapar da perseguição nazista. Quando ela e seus pais chegaram aos Estados Unidos, viveram em uma comunidade onde seus amigos eram judeus que não conseguiram sair da Alemanha a tempo e, em vez disso, suportaram os horrores dos campos de concentração de Hitler, embora de alguma forma tenham sobrevivido.

Leia também:  A condição de Zakk Wylde para gravar músicas novas com o Pantera

Em entrevista ao jornal germânico Bild, o Starchild relatou uma lembrança muito viva em sua mente.

“Quando menino, sempre me perguntei por que havia números escritos nos braços de amigos e conhecidos de meus pais. Eles diziam a nós, crianças, que eram números de telefone.”

Embora nascido em Manhattan, Nova York, nos Estados Unidos, Paul, batizado como Stanley Bert Eisen, tinha mãe alemã. Eva nasceu em Berlim no ano de 1923. Após um show em Leipzig, o músico abordou jornalistas do Bild e pediu ajuda para descobrir mais sobre a vida de sua mãe quando criança.

Após anos de pesquisa, o jornal apresentou algumas informações surpreendentes, como a identificação do túmulo do bisavô de Stanley, Bernhard Kasket, que está enterrado no maior cemitério judeu da Europa em Berlim. A lápide diz:

“Aqui descansa em paz meu querido marido, nosso bondoso e fiel pai e avô. Você não está morto. Feche os olhos também, em nossos corações você vive para sempre.”

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasAlanis Morissette descobre que tios-avós foram mortos no Holocausto
Maria Eloisa Barbosa
Maria Eloisa Barbosahttps://igormiranda.com.br/
Maria Eloisa Barbosa é jornalista, 22 anos, formada pela Faculdade Cásper Líbero. Colabora com o site Keeping Track e trabalha como assistente de conteúdo na Rádio Alpha Fm, em São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades