Ace Frehley diz conseguir cantar melhor que Paul Stanley e “sem backing tracks”

Provocação ocorreu enquanto guitarrista explicava os motivos de não ter participado da turnê final do Kiss

Não é incomum que Ace Frehley critique os seus antigos colegas no Kiss. Frequentemente, o ex-guitarrista do quarteto mascarado manda indiretas e até mesmo provocações para os patrões da banda. O alvo da vez foi, novamente, o cantor e também guitarrista Paul Stanley.

Conversando com o site Chaoszine, o músico primeiramente contou como se sentiu ao ser “excluído” do show final do grupo – realizado no último mês de dezembro, em Nova York, nos Estados Unidos. Segundo o Spaceman original, as coisas pareciam caminhar bem para uma participação, não só dele, como de outros ex-integrantes, até que tudo mudou. 

- Advertisement -

Ele começou:

“Eu realmente não entendo o que aconteceu. Mais ou menos oito meses atrás, quando Paul e Gene [Simmons, vocalista e baixista] estavam no meio da turnê de despedida ‘End of the Road’, eles disseram coisas muito legais sobre Peter Criss [baterista original], Bruce Kulick [ex-guitarrista] e eu. Disseram: ‘nós ligamos para Ace, chamamos Peter e eles vão estar no palco conosco e tocar algumas músicas’, meio ‘irmandade’ e toda essa besteira.”

Então, o instrumentista citou como sinal de alerta a ocasião em que Stanley descreveu uma possível reunião do Kiss original como “piss” –  expressão que evoca associação a algo ruim.

“E então, no último mês, já que o show final estava esgotado e eles não precisavam da nossa ajuda para vender mais ingressos, Paul Stanley foi ao programa de Howard Stern e disse ‘bem, se Ace e Peter subissem ao palco conosco, você poderia muito bem chamar a banda de Piss’.”

Diferentemente do relatado, a declaração ocorreu em março — justamente com o anúncio das apresentações finais no Madison Square Garden — e não tempos depois da abertura das vendas. De qualquer forma, Ace aproveitou a oportunidade para relembrar o ocorrido e cutucar o ex-companheiro de grupo, exaltando o próprio talento e mencionando o suposto uso de playback pelo vocalista.

Leia também:  A tentativa de assassinato contra Bob Marley que inspirou novo filme

“Depois de ouvir isso, decidi que não participaria. Mesmo que ele tivesse me convidado e me dado um convite pessoal, depois desse insulto, eu não participaria. Você sabe, eu consigo tocar guitarra muito melhor do que Paul Stanley. Posso até cantar melhor do que ele e não preciso usar backing tracks. [Risos]”

Ace Frehley, Kiss e “End of The Road”

De fato, o baixista e vocalista Gene Simmons reforçou o convite para Ace Frehley subir ao palco com a banda durante o bis da excursão final, até mesmo no X/Twitter, em menção direta ao músico. No podcast italiano Linea Rock (via Classic Rock), em junho último, o Demon revelou que tanto o guitarrista quanto Peter Criss, antigo baterista, recusaram por diversas vezes a proposta.

“Os fãs mais velhos se perguntam sobre Ace e Peter. Bem, eu perguntei a Ace e Peter algumas vezes: ‘Vocês querem tocar com a gente no bis? Querem participar de alguns shows?’ e ambos disseram que ‘não’. Mas sempre serão bem-vindos.” 

No entanto, de acordo com Ace, nunca houve um convite formal. Para a estação de rádio Ozzy’s Boneyard da SiriusXm (via Guitar), propagou a seguinte versão da história:

Leia também:  A dura crítica que Mike Dirnt (Green Day) fez ao Blink-182

“Esses caras usaram meu nome e o nome de Peter por meses. Eles disseram que nos convidaram para nos apresentar no show final. Nunca recebi um telefonema. Peter também não. Só falaram isso para vender ingressos.”

O novo álbum “10,000 Volts”

Ace Frehley lança seu próximo álbum de estúdio no dia 23 de fevereiro de 2024. “10,000 Volts” será disponibilizado pela MNRK Music, gravadora antes chamada eOne Music.

Trata-se do primeiro disco de inéditas do guitarrista desde “Spaceman”, divulgado em 2018. Neste ínterim, o ex-integrante do Kiss liberou em 2020 o trabalho de covers “Origins Vol. 2”.

O tracklist conta com 11 faixas e foi criado em parceria com Steve Brown, guitarrista do Trixter e eventual convidado especial do Def Leppard. A dupla ainda assinou a produção em conjunto.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesAce Frehley diz conseguir cantar melhor que Paul Stanley e “sem backing...
Maria Eloisa Barbosa
Maria Eloisa Barbosahttps://igormiranda.com.br/
Maria Eloisa Barbosa é jornalista, 22 anos, formada pela Faculdade Cásper Líbero. Colabora com o site Keeping Track e trabalha como assistente de conteúdo na Rádio Alpha Fm, em São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades