A homenagem de Paul McCartney a Denny Laine, seu parceiro de Wings

Músico morreu aos 79 anos no mesmo dia em que o álbum “Band on the Run” completou meio século de lançamento

Em turnê pelo Brasil, Paul McCartney dedicou um tempo para compartilhar memórias de Denny Laine, seu ex-colega dos tempos de Wings. O guitarrista e vocalista faleceu nesta terça-feira (5), aos 79 anos. Curiosamente, a morte veio no mesmo dia em que “Band on the Run”, álbum mais famoso da banda, completou meio século de seu lançamento.

Escreveu o eterno Beatle em suas redes sociais:

- Advertisement -

“Estou muito triste com o falecimento de meu ex-companheiro de banda, Denny Laine. Guardo muitas lembranças carinhosas do tempo que passei com Denny: desde os primeiros dias em que os Beatles excursionaram com o Moody Blues. Nossas duas bandas tinham muito respeito uma pela outra e se divertiam juntas. Denny se juntou aos Wings logo no início. Ele era um vocalista e guitarrista excepcional. Sua performance mais famosa é provavelmente ‘Go Now’, uma antiga música de Bessie Banks que interpretava brilhantemente. Escrevemos algumas juntos, sendo a mais bem-sucedida ‘Mull of Kintyre’, que foi um grande sucesso nos anos 70. Embora tenhamos nos afastado, nos últimos anos conseguimos restabelecer nossa amizade e compartilhar memórias de nossos tempos juntos. Denny era um grande talento com um ótimo senso de humor e sempre disposto a ajudar os outros. Ele será lembrado com carinho por todos os seus fãs e por seus amigos. Envio minhas condolências e melhores votos à sua esposa, Elizabeth, e à família.

Paz e amor, Denny. Foi um prazer conhecê-lo. Todos sentiremos sua falta.

Com carinho,

Paul”

Laine enfrentou nos últimos tempos uma série de problemas de saúde. Após ter contraído covid-19 em 2022, ele sofreu com doença pulmonar e, mais recentemente, contraiu uma infecção bacteriana no sangue. Em setembro sua viúva, Elizabeth Hines, chegou a iniciar uma vaquinha online com objetivo de arrecadar US$ 100 mil (cerca de R$ 493 mil na cotação atual e em transação direta) para custear as despesas médicas.

Leia também:  Mãe de Paul McCartney inspirou verso específico de “Yesterday”, dos Beatles

Sobre Denny Laine

De 1971 a 1981, Denny Laine ocupou o privilegiado posto de um dos guitarristas do Wings. Foi o único outro membro da banda a permanecer em toda a sua história, além de Paul McCartney e Linda McCartney.

Também integrou o The Moody Blues entre 1964 e 1966, tendo sido induzido com a banda ao Rock and Roll Hall of Fame no ano de 2018. Ainda fez parte do Ginger Baker’s Air Force por um curto período, antes de se juntar a Paul e Linda.

Ano passado, declarou estar trabalhando em um novo álbum solo, o primeiro desde “The Blue Musician”, lançado em 2008. Também preparava sua volta à estrada com a turnê acústica “Stories Behind the Songs”, onde pretendia repassar toda a sua obra em um formato mais intimista, incluindo bate-papo com os fãs.

Leia também:  Biden ou Trump, quem Tim Commerford odeia mais? Baixista do RATM responde

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasA homenagem de Paul McCartney a Denny Laine, seu parceiro de Wings
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades