O solo de Jimmy Page que está no nível de “Stairway to Heaven”, segundo o próprio

Música destacada pelo guitarrista faz parte de “Presence”, sétimo álbum de estúdio do quarteto britânico

Lançada no álbum “Led Zeppelin IV” (1971), “Stairway to Heaven” se tornou a música mais tocada em rádios na história, mesmo não tendo sido lançada como single. Calcula-se que ainda seja veiculada cerca de 4,2 mil vezes por ano nas principais estações de rock nos Estados Unidos.

Um dos grandes méritos da música está em seu solo de guitarra, momento de brilho ímpar na carreira de Jimmy Page. Porém, o próprio considera ter outra performance individual no mínimo tão boa quanto. O próprio explicou à Guitar Player, em resgate do site Far Out Magazine:

“Meu controle sobre todos os fatores contribuiu para o resultado desse LP – o fato de ter sido feito em três semanas e todo o resto. O solo de ‘Achilles Last Stand’ segue a mesma lógica do de ‘Stairway to Heaven’ e está no mesmo nível para o meu gosto.”

- Advertisement -

Já em entrevista de 2007 à Rolling Stone, o músico exaltou todo o processo de criação da faixa de “Presence”.

“Todo o arranjo dela foi feito em uma noite. Para ser sincero com você, os outros caras não sabiam: ‘Ele enlouqueceu? Ele sabe o que está fazendo?’ Mas no final, a imagem ficou clara. Era como uma pequena vinheta, toda vez que algo acontecia.”

Led Zeppelin e “Presence”

Lançado em 31 de março de 1976, “Presence” é o sétimo trabalho de estúdio do Led Zeppelin. Foi gravado logo após o vocalista Robert Plant ter sofrido um acidente automobilístico, que o deixou imobilizado durante todo o processo.

Leia também:  Em 1972, o único show do Deep Purple com Randy California na guitarra

Todas as faixas são creditadas ao cantor e a Jimmy Page, exceção a “Royal Orleans”, atribuída à banda toda. O grupo não se valeu de teclados durante as sessões, além de ter limitado bastante o uso de violões.

O disco chegou ao primeiro lugar nos Estados Unidos e Inglaterra. Vendeu mais de 7 milhões de cópias em todo o mundo. Não houve turnê de divulgação. Posteriormente, apenas duas canções foram tocadas ao vivo pelo quarteto: “Achilles Last Stand” e “Nobody’s Fault But Mine”. Page e Plant também executariam “Tea For One” nos shows dos anos 1990, como dupla.

Sobre Jimmy Page

Jimmy Page teve uma prolífica carreira como músico de estúdio antes da fama. O guitarrista chegou a gravar com nomes como Rolling Stones, The Who, Burt Bacharach, The Kinks, Marianne Faithfull e Donovan, apenas para ficar em alguns.

Leia também:  Quando “Roots”, do Sepultura, fez Dave Grohl perder US$ 50 mil

A situação mudou quando foi chamado a integrar o Yardbirds, entre 1966 e 1968. Após o grupo se desfazer, formou o The New Yardbirds, que posteriormente passaria a se chamar Led Zeppelin, se tornando uma das maiores e mais reverenciadas bandas de todos os tempos. À parte de shows comemorativos, o quarteto encerrou atividades em 1980, após a morte do baterista John Bonham.

Jimmy ainda teve o The Firm, além de lançar álbuns solo, do Coverdale-Page e reeditar a parceria com o vocalista Robert Plant. Também excursionou e gravou com o The Black Crowes.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesO solo de Jimmy Page que está no nível de “Stairway to...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades