Quando o Queen lançou um game para computador em parceria com a EA

“The eYe” se passa em um futuro distópico; apesar de não ter feito grande sucesso, teve elementos reaproveitados em musical da banda

O Queen foi uma banda que sempre demonstrou aberta atração por ambientes sci-fi. Fosse através de sua música, das trilhas sonoras com as quais colaborou ou até mesmo em seus videoclipes – o maior exemplo é “The Invisible Man”, com claras referências a videogame –, o grupo não se acanhava de experimentar novidades tecnológicas.

Por isso, até que demorou para a banda se aventurar em um jogo próprio. De fato, só foi acontecer quando as atividades originais haviam se encerrado.

- Advertisement -

Lançado em 1997 (nos Estados Unidos, um ano mais tarde em outros mercados), “Queen: The eYe” foi uma parceria com a Electronic Arts – sim, a EA, conhecida por games de esporte como a franquia Fifa, feita por sua subdivisão especializada EA Sports. O jogo conta com músicas do catálogo da banda remixadas por Joshua J. Macrae, que usou os estúdios do baterista Roger Taylor para o trabalho.

Leia também:  A única e bizarra ocasião em que Gene Simmons ficou chapado

A trama se passa em um futuro distópico. Nele, o mundo é governado por uma máquina observadora (no estilo do “Big Brother”, de 1984) chamada “The eYe”, que erradicou tudo o que promove a expressão criativa.

O jogador assume o papel de Dubroc, um agente secreto que, no cumprimento de suas funções, redescobriu um banco de dados de rock popular e é condenado à morte em “The Arena”, um programa de televisão ao vivo transmitido por satélites para o mundo. Nele, o competidor luta contra campeões de arena de luta chamados Watchers. A partir daí, Dubroc parte em uma missão para destruir The eYe.

Uma gameplay pode ser vista abaixo.

Leia também:  Beyoncé vai lançar um álbum de rock após country? Entenda a teoria

Game do Queen fez sucesso?

O jogo foi lançado em 5 CDs exclusivamente para computadores. As vendas não foram boas. Gamers e a crítica apontavam como fatores a fraca jogabilidade e gráficos que já pareciam datados à época do lançamento.

A pouca divulgação na mídia também não colaborou. Mesmo assim, alguns elementos foram aproveitados nos palcos do musical “We Will Rock You”.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesQuando o Queen lançou um game para computador em parceria com a...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades