Por que ninguém no Blind Guardian tem tatuagens, segundo Hansi Kürsch

Vocalista destaca não ter nada contra, mas deixa claro não se identificar – além de citar seus braços finos

Certamente muitos fãs já homenagearam o Blind Guardian com tatuagens, registrando a influência e o amor pela banda. Porém, os próprios integrantes da banda não são adeptos da arte corporal.

Em entrevista ao canal brasileiro Heavy Talk – transcrita pelo Blabbermouth –, o vocalista Hansi Kürsch tentou explicar os motivos pessoais por trás da decisão.

“Não somos de forma alguma típicos. Quer dizer, fazemos tudo com paixão, e tatuagens nunca nos atraíram. Não somos contra, apenas não é algo que nos agrada. Eu tenho o braço muito fino, por exemplo, então a tatuagem cairia com o passar dos anos. E os outros caras pensam da mesma forma. Mas de novo, também é uma questão da região de onde você vem. Eu não me identifico com tatuagens.”

- Advertisement -

A seguir, o cantor se referiu à prática como uma moda – algo que vai contra o que Ozzy Osbourne proclamou em “The Osbournes”, quando disse que se fosse para ser diferente hoje em dia, o negócio era não ter tattoos, já que todo mundo faz.

“Eu vejo muitas pessoas usando tatuagens, e eu fico, tipo: ‘ok, é uma moda’. Não é isso que as tatuagens deveriam ser. E é por isso que não gostaria de fazer uma. Não é minha ideologia, não é minha maneira de pensar.”

Blind Guardian e “The God Machine”

“The God Machine”, 12º trabalho de inéditas da carreira do Blind Guardian, saiu em 2022. O álbum chegou ao Top 20 em 6 paradas europeias, com destaque para o 2º lugar na sua terra natal – melhor resultado de toda a discografia, empatado com “At the Edge of Time” (2010).

Leia também:  A curiosa única sequela deixada em Dinho Ouro Preto por queda de palco em 2009

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesPor que ninguém no Blind Guardian tem tatuagens, segundo Hansi Kürsch
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades