Por que Adrian Vandenberg ficou frustrado com Steve Vai no Whitesnake

Motivo envolve a gravação do álbum "Slip of the Tongue", lançado pela banda em 1989, e diferenças criativas

Steve Vai gravou apenas um álbum de estúdio com o Whitesnake, “Slip of the Tongue” (1989). Contratado pelo líder David Coverdale, o guitarrista chegou à banda agindo como “uma diva”, como o próprio admitiu recentemente

Ele não era o único a empunhar uma guitarra no grupo. Adrian Vandenberg também ocupava a função desde 1987 e sentiu frustração com a entrada do “novato”, sobretudo quando lesionou o pulso e ficou afastado das gravações do disco mencionado – do qual participou apenas da composição.

- Advertisement -

Conversando com a Guitar World, Vandenberg explicou o motivo para o descontentamento. Ambos os músicos não entravam em um consenso a respeito do “Slip of the Tongue”, já que tinham visões criativas diferentes. 

“Demoramos um pouco para chegar em um acordo. Eu era um grande admirador de Steve, mas já tinha uma visão prévia de como queria que as músicas no disco soassem: queria grandes guitarras rítmicas, licks melódicos e um pouco de blues.”

Quando a turnê em divulgação ao projeto iniciou no ano seguinte ao lançamento, Adrian precisou lidar com o próprio orgulho. Ele precisou aprender o jeito que Vai tocou nas versões em estúdio das faixas, para executá-las ao vivo. 

“Foi uma das coisas mais desafiadoras que já fiz. Levei algumas semanas para começar a apreciar o trabalho de Steve. Tive que superar minha frustração por não poder tocar as músicas como eu queria, mas depois que superei e me tornei próximo de Steve, passei a amar a forma que as canções ficaram.”

Leia também:  Gene Simmons: “é mais fácil estar nos Ramones, mas o Kiss foi muito maior”

Mais tempo com Steve Vai

Hoje em dia, o guitarrista gostaria de ter tido o outro instrumentista como colega de banda por mais tempo. A formação do Whitesnake com os dois durou só até 1990 – quando Coverdale acabou temporariamente com o grupo. 

“Eu definitivamente lamento que a formação comigo e com Steve não tenha continuado. Mas o grunge surgiu, e eu sempre fui o tipo de cara que mantém minhas convicções e continua dando o seu melhor. Então, se eu pudesse voltar no tempo, teria escolhido ficar e fazer pelo menos mais um álbum.”

Adrian Vandenberg e “Slip of the Tongue”

Adrian Vandenberg já opinou sobre a guitarra de Steve Vai no “Slip of the Tongue” em variadas ocasiões. Em bate-papo publicado no site do Whitesnake em 2005, por exemplo, confessou:

“Foi meio estranho [ver Steve Vai tocando no álbum]. Por mais que Steve seja um excelente guitarrista, é claro que, como compositor, você tem ideias pessoais de como gostaria de ‘colorir suas pinturas’. Naturalmente, eu teria usado uma paleta clássica-melódica-blues-rock no disco.”

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesPor que Adrian Vandenberg ficou frustrado com Steve Vai no Whitesnake
Maria Eloisa Barbosa
Maria Eloisa Barbosahttps://igormiranda.com.br/
Maria Eloisa Barbosa é jornalista, 22 anos, formada pela Faculdade Cásper Líbero. Colabora com o site Keeping Track e trabalha como assistente de conteúdo na Rádio Alpha Fm, em São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades