Como câncer de Branco Mello levou a reunião do Titãs

Segundo o baterista Charles Gavin, banda deixou de lado as divergências do passado após a batalha do colega contra um tumor na hipofaringe

Branco Mello descobriu um câncer na laringe em 2018. Para tratar a doença, se afastou por alguns meses dos compromissos do Titãs – que, na época, contava apenas com ele, Sérgio Britto e Tony Bellotto enquanto integrantes oficiais – e obteve sucesso na recuperação.

Anos mais tarde, em 2021, o tumor voltou na hipofaringe. Desta vez, o vocalista e baixista passou por uma cirurgia, ficando 32 dias internado.  

- Advertisement -

Diante de tal batalha, o artista desempenhou um papel importante para a reunião da formação clássica do Titãs, anunciada no ano passado. Quando a banda recebeu a proposta de excursionar toda junta novamente, era preciso deixar de lado as divergências do passado. Segundo o baterista Charles Gavin, em entrevista ao Uol, isso foi possível principalmente graças à superação de Mello.

“Só lembrar do que ele passou nos últimos tempos, e do esforço dele para voltar ao palco, para voltar a tocar baixo, para voltar a cantar, que isso supera qualquer coisa. A gente viu a condição dele, deu aquele senso de urgência: temos que fazer isso agora. Não podemos deixar para depois porque estamos vivos e bem, e vamos fazer da melhor maneira possível […]. O Branco estando ali e a gente se juntando ficou claro que as rusgas do passado, profissionais, coisas que a gente disse, o que cada um falou, não tinham mais importância.”

Depois do câncer, Mello realizou sessões de fisioterapia com o intuito de fortalecer os músculos, além de terapia fonoaudiológica. Como contou no programa “Som Brasil”, no início ele ainda ficou totalmente sem voz e precisou de bastante preparação vocal para voltar a cantar. Durante o processo, percebeu uma mudança em seu timbre, mencionada por Gavin.

Leia também:  A opinião de Steve Morse sobre Simon McBride no Deep Purple

“Foi um processo muito longo e muito doloroso, no qual ele poderia ter morrido. Ele poderia ter perdido a voz e poderia não falar mais. Ele fala isso agora: ‘eu tô com uma voz diferente, meio sexy’. Porque é uma voz rouca. E até tem brincadeiras, porque a gente leva o nosso humor ácido a sério: ‘agora você tá cantando que nem se você fosse um membro do Sepultura ou do Ratos de Porão’.”

Extensão da turnê Titãs Encontro

A sequência final de shows da turnê “Titãs Encontro” – que reúne Arnaldo Antunes, Branco Mello, Charles Gavin, Nando Reis, Paulo Miklos, Sérgio Britto e Tony Bellotto – foi anunciada recentemente. O planejamento é concluir no dia 23 de dezembro. As apresentações se distribuem entre cidades pelas quais a banda já passou e novos destinos, não contemplados no giro inicial.

Em nota, o grupo afirma que pretendia realizar apenas 10 shows na tour como um todo, mas os compromissos se multiplicaram de modo a compor um itinerário inicial de 22 datas pelo Brasil, reunindo um público aproximado de 600 mil pessoas. Agora, serão 30 performances em território nacional, além de outras três agendadas para o exterior.

Leia também:  Governo dos EUA deve processar Live Nation por violação de leis antitruste

Em outubro, os músicos partem para os Estados Unidos, onde sobem ao palco de casas de shows emblemáticas: o Hard Rock Live, em Hollywood na Flórida, no dia 3; e o Radio City Music Hall, em Nova York, no dia 6. Eles também têm uma data confirmada em Lisboa, na Altice Arena, em 3 de novembro.

Os ingressos para as apresentações no Brasil estão disponíveis pelo site da Eventim. Confira abaixo as datas finais da turnê:

  • 18 de novembro, no Rio de Janeiro (na Arena Jockey);
  • 24 de novembro, em Recife (na Área Externa Centro de Convenções);
  • 25 de novembro, em Natal (na Arena das Dunas);
  • 3 de dezembro, em Juiz de Fora (no Expominas);
  • 8 de dezembro, em Londrina (o local será anunciado em breve);
  • 10 de dezembro, em Uberlândia (o local será anunciado em breve);
  • 12 de dezembro, em Porto Alegre (no Auditório Araújo Vianna);
  • 16 de dezembro, em Teresina (no Teresina Hall);
  • 23 de dezembro, em São Paulo (no Allianz Parque).

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasComo câncer de Branco Mello levou a reunião do Titãs
Maria Eloisa Barbosa
Maria Eloisa Barbosahttps://igormiranda.com.br/
Maria Eloisa Barbosa é jornalista, 22 anos, formada pela Faculdade Cásper Líbero. Colabora com o site Keeping Track e trabalha como assistente de conteúdo na Rádio Alpha Fm, em São Paulo.

3 COMENTÁRIOS

  1. Foi emocionante ver o Branco cantando no show. A reportagem falou que ele fez fisioterapia, mas a reabilitação vocal dele se deu atravez de sessões com fonoaudiologos.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades