Guitarrista original do Journey, George Tickner morre aos 76 anos

Músico participou do primeiro álbum do Journey, além de ter colaborações aproveitadas nos dois discos seguintes

Morreu aos 76 anos o guitarrista George Tickner. Ele ficou conhecido por ter feito parte das primeiras formações do Journey, participando do álbum de estreia homônimo, lançado em 1975.

A notícia foi dada pelo também guitarrista Neal Schon, em publicação nas redes sociais. A causa não foi informada. Em uma postagem, o músico declarou:

“Querido George, ‘Of a Lifetime’ ainda é uma das minhas músicas favoritas de todos os tempos. Descanse em paz, irmão. Vá com Deus.”

- Advertisement -
https://www.facebook.com/schonmusic/posts/pfbid0D9Ua1HpMt7igNGDWLbGUv394nMBT5MLCwB2E7Mkfor63bsht7h1uDCgHSpXZREwil

George Tickner e Journey

O Journey foi fundado em 1973 por intermédio de Herbie Hancock, ex-empresário do Santana. Não por acaso, músicos que faziam parte do grupo em questão formaram o projeto – Schon e o tecladista Gregg Rollie, também vocalista. George Tickner veio junto do baixista Ross Valory, ambos do Frumious Bandersnatch, banda de rock psicodélico ativa entre 1967 e 1969.

Leia também:  A condição de Zakk Wylde para gravar músicas novas com o Pantera

O posto de baterista ficou com Prairie Prince, do The Tubes. Porém, antes da gravação do primeiro álbum, a vaga foi passada para Aynsley Dunbar, conhecido pelos trabalhos com David Bowie e The Mothers of Invention.

O álbum de estreia do Journey, homônimo, saiu em abril de 1975 e teve repercussão apenas discreta. Não demorou até que Tickner saísse do grupo, alegando cansaço com a rotina na indústria musical. Acabou estudando medicina e chegou a obter um Ph.D. na Universidade de Stanford.

Ao todo, Tickner compôs ou cocriou três das sete músicas do disco inaugural do Journey. Além da já mencionada “Of a Lifetime”, foi creditado por “Mystery Mountain” e pela instrumental “Topaz”.

Mesmo fora da banda, suas colaborações foram aproveitadas nos dois discos seguintes. A saber: “You’re on Your Own” e “I’m Gonna Leave You”, ambas do álbum “Look into the Future” (1976); e “Nickel and Dime”, de “Next” (1977).

Leia também:  Napalm Death confirma 9 shows no Brasil em outubro

Com a dedicação à medicina, o envolvimento com a música se tornou mais limitado. Ainda assim, George fundou um estúdio de gravação, The Hive, e participou do projeto VTR com Ross Valory e o tecladista Stevie “Keys” Roseman, que curiosamente tocaria com o Journey anos depois, em 1981, na música “The Party’s Over (Hopelessly in Love)”.

O guitarrista se reuniu com o grupo na ocasião da entrada para a Calçada da Fama de Hollywood. A introdução se deu em 2005.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasGuitarrista original do Journey, George Tickner morre aos 76 anos
Igor Miranda
Igor Miranda
Igor Miranda é jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital. Escreve sobre música desde 2007. Além de editar este site, é colaborador da Rolling Stone Brasil. Trabalhou para veículos como Whiplash.Net, portal Cifras, revista Guitarload, jornal Correio de Uberlândia, entre outros. Instagram, Twitter e Facebook: @igormirandasite.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades