A razão curiosa pela qual Ringo Starr gostava tanto de Elvis Presley

Beatles conheceram o rei do rock em 27 de agosto de 1965 e mal conseguiram se expressar diante do ídolo

Em 27 de agosto de 1965, os Beatles conheceram Elvis Presley em uma casa localizada na Rua Perugia 525, em Bel Air (sim, a do Maluco no Pedaço), bairro de Los Angeles, Califórnia. O quarteto ficou boquiaberto por estar diante de uma figura quase divina de acordo com sua história.

A reação gerou até mesmo um comentário meio sarcástico/meio impaciente do astro, que segundo fontes disse:

“Se vocês vão ficar só olhando para mim, eu vou para a cama.”

- Advertisement -

Em entrevista à Goldmine Magazine, Ringo Starr relembrou o momento. O baterista deixou claro que não houve qualquer atividade musical no dia.

“Nós não tocamos com Elvis. Quem falar o contrário está mentindo. A grande lembrança foi que entramos e ele estava no sofá assistindo TV com um controle remoto na mão. Éramos fãs, foi simplesmente incrível.”

Em seguida, o músico revelou por que gostava tanto de Elvis – e o que realmente foi feito por eles na ocasião.

“Eu estava acostumado a ver pessoas como Bill Haley e outros caras do tipo. Eles pareciam seu pai. Elvis era diferente. Essas são as grandes memórias. Nós não tocamos e realmente não jogamos futebol americano, embora ele e seus caras jogassem; nós não sabíamos.”

Leia também:  A música mais metal do Van Halen, segundo Scott Ian

O segundo encontro aconteceu quando a banda já tinha acabado e Ringo promovia seu primeiro álbum solo.

“Fui levado a Las Vegas para gravar o vídeo de ‘Sentimental Journey’ de gravata borboleta e com dançarinas. O show de Elvis foi bom, mas um pouco assustador para mim. Foi ótimo vê-lo, mas a ideia de tocar naquela sala era bastante assustadora, embora alguns achassem que eu poderia fazer algo semelhante. No fim, nem chegamos a conversar naquela noite.”

A morte de Elvis Presley

Elvis Presley morreu em 16 de agosto de 1977, aos 42 anos. Seu pai assinou um acordo para que o resultado de sua autópsia só fosse divulgado em 2027, cinquenta anos após sua morte. Só então teremos os detalhes oficiais do que ocorreu.

A marca do artista ainda gera cerca de US$ 32 milhões por ano em licenciamentos e merchandising.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesA razão curiosa pela qual Ringo Starr gostava tanto de Elvis Presley
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades