O grande arrependimento de David Gilmour em relação a Syd Barrett

Amigo de infância, guitarrista e vocalista concedeu depoimento a documentário sobre o ex-colega de banda

Antes mesmo de existir um Pink Floyd, David Gilmour e Syd Barrett já possuíam uma conexão. Os dois estudaram no Colégio de Artes e Tecnologia de Cambridge durante a infância/adolescência. Posteriormente, integraram a banda juntos por um período de duas semanas – únicos dias em que o grupo foi um quinteto.

O afastamento do líder original, por conta de sua deterioração mental, deixou marcas que acompanharam os outros músicos por toda a carreira. Em depoimento ao documentário “Have You Got It Yet? The Story Of Syd Barrett And Pink Floyd” (via Classic Rock), Gilmour remoeu mágoas.

“Provavelmente fizemos o máximo que podíamos por ele, embora fôssemos todos muito jovens. Mas eu tenho um ou dois arrependimentos. Nunca fui vê-lo. Sua família meio que desencorajava isso. Ainda assim, lamento nunca ter ido até a casa dele e batido na porta. Acho que Syd e eu poderíamos ter ganhado algo de uma ou duas pessoas aparecendo em sua casa para uma xícara de chá.”

- Advertisement -

A notícia da morte

Em entrevista de 2007 à Word, David Gilmour contou como recebeu a notícia da morte de Syd Barrett, um ano antes. Na ocasião, já se mostrava arrependido de não ter descumprido o pedido da família para não visitá-lo.

“O cunhado dele me ligou. Fiquei extremamente triste com a notícia, foi uma perda trágica. Arrependi-me de não ter o visitado esses anos todos, embora tenham dito que seria melhor assim. Sabia onde ele morava, poderia ter ido até lá para tomarmos um chá. Éramos amigos de infância, compartilhamos momentos que não tinham nada a ver com a banda, coisas que poderiam ter o animado ao lembrar”.

O documentário sobre Syd Barrett

Produzido pelo cineasta Roddy Bagawa e o fundador da Hipgnosis, Storm Thorgerson, “Have You Got It Yet? The Story Of Syd Barrett And Pink Floyd” conta com depoimentos dos três membros do Pink Floyd ainda vivos. Outros entrevistados são os empresários Peter Jenner e Andrew King, além de músicos como Pete Townshend (The Who) e Graham Coxon (Blur).

Leia também:  Como “Mellow Gold” e o hit “Loser” levaram Beck ao estrelato

Diz a sinopse:

“Ícone cult, enigma, recluso… a vida de Syd Barrett, membro fundador do Pink Floyd, é cheia de perguntas sem resposta. Até agora. Juntando sua ascensão ao estrelato pop, sua criatividade e impulsos destrutivos, colapso, saída da banda e subsequente vida reclusa, este documentário de longa-metragem é ambientado no contexto social dos explosivos anos sessenta.”

O trailer oficial pode ser conferido abaixo.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesO grande arrependimento de David Gilmour em relação a Syd Barrett
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades