Mikkey Dee ensaiou secretamente com o Scorpions quando James Kottak ainda era o baterista

Músico revelou que a banda alemã já estava cansada do comportamento do colega de instrumento

O baterista sueco Mikkey Dee é integrante do Scorpions desde setembro de 2016. Egresso do Motörhead – que havia perdido seu líder, Lemmy Kilmister, menos de um ano antes –, o músico injetou novo sangue nos gigantes do rock alemão, algo reconhecido tanto pelos colegas quanto pelo público.

Seu antecessor, James Kottak, permaneceu duas décadas com o grupo. Sua dependência química fez com que as relações degringolassem de vez nos momentos derradeiros. A gota d’água ocorreu no ano de 2014, em Dubai. Embriagado, o instrumentista protagonizou um papelão no aeroporto, com direito a insultos públicos ao Islã – um crime considerável por aqueles lados.

- Advertisement -

Em entrevista ao site Metal Rules (transcrita pelo Blabbermouth), Mikkey explicou como se deu a aproximação. E confessou ter ficado na espreita, esperando o deslize definitivo de James.

“Eles começaram a se cansar dos problemas de James e pediram que eu acompanhasse a turnê seguinte. Seguia secretamente a banda pela Alemanha, ensaiamos algumas vezes sem que ninguém mais soubesse. Tenho certeza que queriam que eu ficasse. Você nunca sabe como as coisas vão correr com a parte social ou a musical, mas eles amaram de imediato. Minha ideia foi mostrar o que eles não podem ficar sem, basicamente.”

O ex-Motörhead, King Diamond e Don Dokken foi convidado a elaborar como funcionou seu papel de “agente secreto”.

“Eu vi todos os shows, pois tive que aprender o set. Ficava sentado em algum lugar discreto, normalmente bloqueado da visão de todos. Ficava na parte de cima, com fones de ouvido para que pudesse ouvir o que estava acontecendo. James sabia que havia alguém de plantão para uma emergência, mas não sabia quem era. E ele tocou muito bem, se preparou.

Ao final, voltei para a Suécia. Então recebi uma ligação pedindo que eu fizesse os últimos compromissos do ano. Foi quando percebi que James não voltaria, porque tínhamos feito alguns ensaios e eu mostrei a eles o que faltava na banda. Não estava lá para tomar o lugar de alguém, apenas queria fazer a minha parte.”

Mikkey Dee respeita James Kottak

Mikkey Dee também fez questão de deixar claro seu respeito para com a pessoa que substitui. E revelou que sua ideia era resgatar o sangue de seu grupo anterior e injetar no Scorpions.

“James é um grande baterista, fez um trabalho fantástico com a banda. Teve alguns problemas de saúde com os quais teve que lidar. Eu disse aos caras que ia ‘motörizá-los’. Tocar mais forte, mais pegado e pesado. Colocar muito mais energia no que fazemos e esperar que isso contaminasse toda a banda, levando a outro nível.”

Scorpions no Brasil

O Scorpions vem ao Brasil este mês. A banda realizará 5 apresentações, nas seguintes datas e locais:

  • 12/04/2023 – Manaus/AM – Monsters Tour (Arena da Amazônia)
  • 18/04/2023 – Ribeirão Preto/SP – Ribeirão Rock Series (Arena Eurobike)
  • 20/04/2023 – Florianópolis/SC – Hard Rock Live
  • 22/04/2023 – São Paulo/SP – Monsters Of Rock (Allianz Parque)
  • 25/04/2023 – Porto Alegre/RS – Rock Believer Tour (Gigantinho)
Leia também:  Dinamarquês é julgado por fraude após R$ 3,1 mi gerados em streamings de música

Veja também:

https://www.instagram.com/p/CqlFoK5u0fs/

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasMikkey Dee ensaiou secretamente com o Scorpions quando James Kottak ainda era...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades