Morre Fughetti Luz, vocalista do Liverpool e Bixo da Seda

Músico fez parte dos primórdios e assinou uma série de sucessos da história do rock gaúcho

O músico e compositor Marco Antonio de Figueiredo Luz, mais conhecido pelo nome artístico Fughetti Luz, morreu nesta sexta-feira (14), aos 76 anos. Ele vinha enfrentando uma série de complicações pulmonares, tendo passado boa parte dos últimos meses internado no Hospital Ernesto Dornelles, em Porto Alegre, onde veio a óbito.

Fughetti fundou o Liverpool em 1967, junto de Mimi Lessa (guitarra solo), Marcos Lessa (guitarra base), Wilmar Ignácio Seade Santana (baixo) e Edson Espíndola (bateria). O grupo se especializou em tocar material de bandas como Beatles, Rolling Stones e The Who, fazendo muito sucesso no Rio Grande do Sul.

- Advertisement -

Dois anos mais tarde, gravam o álbum “Por Favor Sucesso”, mesclando influências do rock psicodélico com a MPB. Apesar de não ter sido um sucesso de vendas, o trabalho ganhou status de cult. O conjunto se desfaz em 1972.

Leia também:  Guitarrista do Queen, Brian May agora trabalha com a Gibson

No ano seguinte, sem Fughetti, os músicos começam a arquitetar um novo projeto, dando origem ao Bixo da Seda. O cantor se reúne com os colegas logo a seguir e eles se mudam para o Rio de Janeiro, passando a frequentar o circuito local, assim como também se apresentando em São Paulo e Belo Horizonte.

O álbum homônimo sai em 1976, trazendo influências mais ligadas ao rock progressivo em comparação ao trabalho do Liverpool. O disco fez sucesso e divulgou o nome da banda em todo o país. Porém, após o estouro inicial, passando por dificuldades financeiras, a parceria se desfaz novamente.

Nas décadas posteriores, o Bixo da Seda chegou a realizar shows esporádicos. Porém, sem a presença de Fughetti, que já enfrentava problemas de saúde. O cantor lançou alguns discos solo, além de seguir atuando como compositor. “Campo Minado” e “Nosso Lado Animal”, dois de seus maiores hits, foram imortalizados em interpretações da Bandaliera, tendo grande veiculação na mídia gaúcha.

Leia também:  Guitarrista do Foreigner, Mick Jones revela diagnóstico de Parkinson

“O Tempo Feiticeiro”, último lançamento de Fughetti, foi disponibilizado em 2017. O disco trazia canções inéditas e reinterpretações para músicas do passado do músico. Ele deixa uma filha, Shanti Luz, fruto do casamento Zefa, também já falecida.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasMorre Fughetti Luz, vocalista do Liverpool e Bixo da Seda
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades