Os 10 discos favoritos de Alice Cooper

Lista de 2020 fez parte da edição especial da Rolling Stone com os 500 melhores discos de todos os tempos

Em 2020, a Rolling Stone atualizou sua tradicional lista com os 500 melhores discos de todos os tempos. O projeto teve início em 2003, foi renovado em 2012 e novamente no ano em que o mundo era refém da Covid-19.

Uma novidade foi que a publicação pediu que artistas elaborassem seu top 10. Entre eles estava Alice Cooper. As escolhas do alter ego de Vincent Furnier podem ser conferidas abaixo, em resgate do site Far Out Magazine.

- Advertisement -

São eles:

  • “Pet Sounds” – The Beach Boys
  • “Meet the Beatles!” – The Beatles
  • “East-West” – Butterfield Blues Band
  • “Eli and the Thirteenth Confession” – Laura Nyro
  • “Having a Rave Up” – The Yardbirds
  • “Da Capo” – Love
  • “The Doors” – The Doors
  • “England’s Newest Hit Makers” – The Rolling Stones
  • “Chuck Berry’s Greatest Hits” – Chuck Berry
  • “My Generation” – The Who

Falando sobre a escolha menos conhecida, “East-West” (1966) da Butterfield Blues Band, Cooper disse:

“É um daqueles álbuns que ninguém conhece além dos músicos. Conversei com Elvin Bishop e ele mencionou que a maioria das faixas foi gravada ao vivo no estúdio. Uma ou duas tomadas, o que torna tudo ainda mais surpreendente. Por que não tem erros, nada. A sensação é magnífica em cada música.”

Também se sobressai o fato de a escolha relacionada aos Beatles ter sido um disco da primeira fase do quarteto, segundo a sair no mercado norte-americano – onde os primeiros álbuns são diferentes das versões britânicas, consideradas a ordem cronológica correta por fãs de todo o mundo.

“Eu escolhi esse porque foi o primeiro que ouvi e me nocauteou totalmente. Nunca tinha escutado nada parecido antes. Já conhecia Beach Boys e Four Seasons. De repente, essa banda apareceu com todo esse cabelo, botas ternos, cantando essas músicas que você podia ouvir só uma vez e sentia que já as conhecia.”

Leia também:  Não é dos Beatles a melhor música de Paul McCartney, segundo Joe Elliott

Alice admira, principalmente, a simplicidade do que John Lennon e Paul McCartney faziam nos primórdios.

“Eu sempre disse isso, e as pessoas podem discordar de mim, mas é mais fácil compor algo como ‘Bohemian Rhapsody’ do que ‘I Want to Hold Your Hand’. Ainda tenho certeza de que os Beatles são alienígenas. Não acho que sejam deste planeta.”

Alice Cooper e os Beatles

Durante a carreira, Alice Cooper já regravou três composições dos Beatles. A primeira foi “Because”, em parceria com o Bee Gees para a versão cinematográfica de “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band”.

Em 2006, foi a vez de “Hey Bulldog!”, para o tributo “Butchering The Beatles”. A guitarra ficou a cargo de Steve Vai, com Duff McKagan (Guns N’ Roses) registrando o baixo e Mikkey Dee (Motörhead, Scorpions) a bateria.

Já no ano de 2014, foi a vez de “Eleanor Rigby” para o álbum “The Art of McCartney”. No mesmo disco, para a edição deluxe, cantou “Smile Away”, do repertório solo de Paul.

A Plastic Ono Band também seria lembrada no disco de estreia do projeto Hollywood Vampires, com a música “Cold Turkey”. No mesmo play, foi registrada uma versão para “Come and Get it”, composição de Macca que se tornou um clássico com o Badfinger. O próprio Paul participou cantando e tocando baixo.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesOs 10 discos favoritos de Alice Cooper
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades