James Gunn será o diretor do filme “Superman: Legacy”

Longa tem previsão de estreia nos Estados Unidos para julho de 2025; diretor também está responsável pelo roteiro

Um dos futuros filmes da DC, “Superman: Legacy”, teve seu diretor oficialmente revelado nesta semana: James Gunn. O americano – que é o co-presidente dos estúdios e que já comandou longas da rival Marvel, como “Guardiões da Galáxia” (2014) – anunciou a novidade pelas redes sociais.

Além de ser responsável pela direção, Gunn está cuidando do roteiro. Inicialmente, ele ficou receoso em aceitar a proposta de assumir o projeto, por achar que não conseguiria trazer singularidades para o herói protagonista, como explicou no Twitter.

“Me ofereceram ‘Superman’ anos atrás. No começo, eu disse não porque eu não tinha como, de maneira única, divertida e emocional, dar ao Superman a dignidade que ele merecia. Então, há menos de um ano, vi um jeito de destacar, de várias maneiras, a herança do Superman – como seus pais aristocráticos kryptonianos e seus pais fazendeiros do Kansas mostram quem ele é e as escolhas que faz.”

- Advertisement -

Após aceitar o desafio, levou um tempo para que Gunn ficasse confortável em exercer a função de diretor – sugerida sobretudo por Peter Safran, também co-presidente dos estúdios da DC.

“Eu estava hesitante em dirigir o filme, apesar da constante insistência de Peter Safran e de outras pessoas. Só porque escrevo uma coisa não significa que eu consiga sentir isso, visual e emocionalmente, o suficiente para passar mais de dois anos dirigindo, ainda mais algo dessa grandeza. Mas, resumindo, eu amo esse roteiro e estou incrivelmente empolgado enquanto começamos essa jornada.”

“Superman: Legacy” tem previsão de estreia nos Estados Unidos para o dia 11 de julho de 2025 – mesma data em que o pai do diretor, que morreu há cerca de três anos, faria aniversário. Tal fato deixou sua família e o próprio profissional emocionados.

“Meu irmão Matt me disse que quando viu a data de lançamento começou a chorar. Eu não tinha percebido. Meu pai era meu melhor amigo. Ele não me entendia quando eu era criança, mas apoiou meu amor pelos quadrinhos e meu amor pelo cinema e eu não estaria agora fazendo esse filme sem ele.”

Sobre “Superman: Legacy”

Henry Cavill, que interpretou o super-herói em “O Homem de Aço” (2013), “Batman vs Superman: A Origem da Justiça” (2016), “Liga da Justiça” (2017) e, numa pequena participação, em “Adão Negro” (2022), não estará no elenco desta vez. Como destacado pelo Hollywood Reporter, um ator mais jovem deve assumir o papel, já que o personagem terá em torno de 25 anos no filme.

Leia também:  Andreas Kisser está aberto a chamar ex-integrantes do Sepultura para show final

Em janeiro, rumores de que Jacob Elordi daria vida ao protagonista começaram a circular. James Gunn rapidamente negou os boatos nas redes sociais, afirmando que ninguém tinha sido escalado ainda, pois o roteiro não estava pronto.

O filme mostrará o Superman equilibrando sua herança kriptoniana com seu lado humano e dará início a uma nova era da DC chamada “Chapter 1: Gods and Monsters”, em tradução livre, “Capítulo 1: Deuses e Monstros”.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasJames Gunn será o diretor do filme “Superman: Legacy”
Maria Eloisa Barbosa
Maria Eloisa Barbosahttps://igormiranda.com.br/
Maria Eloisa Barbosa é jornalista, 22 anos, formada pela Faculdade Cásper Líbero. Colabora com o site Keeping Track e trabalha como assistente de conteúdo na Rádio Alpha Fm, em São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades