Russkaja encerra atividades por conta da guerra na Ucrânia e imagem associada à Rússia

Grupo austríaco que misturava metal e rock com influências da música soviética entende que cultura do país está “manchada para sempre”

A banda austríaca Russkaja anunciou o encerramento de suas atividades na última sexta-feira (3), dia em que seu sétimo – e agora derradeiro – álbum, “Turbo Polka Party”, foi lançado. Formado em 2005, o grupo misturava elementos da música tradicional soviética com metal, rock, ska, polka e fanfarra. O estilo era chamado pelos envolvidos de “Russian Turbo Polka Metal”.

O principal motivo para o fim da banda é a invasão russa à Ucrânia, que já dura um ano. Os artistas entendem que não podem mais promover a cultura de um país ao qual não concordam com as ações.

- Advertisement -

Diz a nota:

“Olá a todos,

A banda Russkaja decidiu encerrar atividades. Isso ocorre depois de 18 anos. Ficamos muito tristes, é claro, mas a guerra em andamento na Ucrânia, iniciada pela Rússia em fevereiro de 2022, torna impossível para nós continuar com uma imagem e estilo que está fazendo uso satírico de símbolos e linguagem soviética. A banda chama-se Russkaja (Russo) e se baseia muito nesses atributos, com um cantor que nasceu na Rússia e foi trazido para a Áustria há mais de 30 anos.

O que antes era divertido na música da banda agora não passa de tristeza. Os membros não podem mais subir no palco sem sentir aquele amargor em cada nota tocada e cada palavra cantada. Todas as letras escritas têm um significado totalmente diferente agora e nenhum de nós quer representar isso, já que nestes tempos tudo da Rússia é apenas associado a guerra, morte, crime e sangue derramado.

Chegou a hora de acabar com isso. Tentamos fazer declarações, nos posicionar publicamente pelo que defendemos, que é paz e união. Mas podemos sentir que não é suficiente e também não vai mudar mais. Percebemos que esta guerra não vai parar tão cedo e mesmo que parasse, a imagem e o estilo soviéticos estão manchados para sempre agora.

O Russkaja também se tornou um alvo na web, há tempestades sobre nós todos os dias e a cada novo single que lançamos. As pessoas nos chamam de terroristas russos e pró-russos, mesmo que sejamos exatamente o oposto. Por fim, também nos preocupamos com a segurança de nossa equipe e de todas as pessoas envolvidas. Não queremos arriscar que algo violento aconteça quando estivermos na estrada e fazendo shows.

Para a maioria de nós, o Russkaja não era apenas nossa banda, mas também nossa existência. Esta decisão é muito triste para todos nós, mas depois de tudo o que aconteceu desde 24 de fevereiro de 2022, não vemos outra saída.

Esperamos que todos os fãs, promotores e parceiros possam entender o inferno que estamos passando enquanto levamos nosso próprio bebê para o túmulo depois de todos esses anos. Como presente de despedida, queremos dar a vocês nosso novo álbum ‘Turbo Polka Party’.

Paz

Russkaja”

Além de se apresentar ao vivo em toda a Europa, a banda também é conhecida na Áustria por ser a residente do programa televisivo de comédia Willkommen Österreich, do canal Die Nacht. Até hoje, todos os seus discos entraram no Top 50 da parada local.

Leia também:  Baterista do Kansas, Phil Ehart se recupera de ataque cardíaco

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasRusskaja encerra atividades por conta da guerra na Ucrânia e imagem associada...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades