John Lydon diz que cuidar de esposa com Alzheimer o transformou

Cantor ressuscitou o Public Image Ltd para tentar ser o representante da Irlanda ao Eurovision 2023 com uma canção dedicada à mulher

John Lydon, líder do Public Image Ltd e eterno vocalista dos Sex Pistols, se abriu sobre como o diagnóstico de Alzheimer de sua esposa, Nora Forster, o mudou como pessoa. Em entrevista ao Sunday Times, o cantor discutiu a situação.

“Tudo que eu achava a maior agonia agora parece besteira. Isso moldou quem eu sou. Não sei se vou superar. Não sei se consigo viver sem ela. Não quero viver sem ela. Não tem sentido.”

Lydon e Forster, uma alemã herdeira do mercado editorial, são casados há 44 anos. O ícone punk reafirmou seu compromisso ao dizer:

“Você faz seu compromisso com alguém e nada muda. Essa é a mão que a vida te distribuiu, e meus pais estavam certos: nunca tenha pena de si. Nunca.”

- Advertisement -

Public Image Ltd e Eurovision

O cantor está nas notícias novamente por ter se candidatado junto com o Public Image Ltd para ser o representante da Irlanda no concurso Eurovision, com a canção “Hawaii”, uma homenagem para Nora. Infelizmente para eles, os escolhidos foram o quarteto Wild Youth.

Leia também:  Lollapalooza multa artistas por shows cancelados? Diretora responde

Ainda assim, Lydon se diz satisfeito por ter participado e ajudado a trazer conscientização para a causa de Alzheimer:

“Nós tivemos respostas de vítimas que disseram que estavam contemplando suicídio até ouvir essa canção.”

Confira abaixo “Hawaii”, a música do Public Image Ltd não selecionada para o Eurovision.

John Lydon e Nora Forster

Em 2020, John Lydon falou um pouco mais sobre a situação de Nora Forster e a dele enquanto cuidador. Em entrevista ao The Mirror, o cantor disse:

“Nora tem Alzheimer. Sou cuidador dela em tempo integral e não vou deixar ninguém confundir a cabeça dela. Para mim, a pessoa real ainda está lá. Aquela pessoa que eu amo ainda está lá, todos os minutos de todos os dias, e essa é a minha vida. É uma pena que ela se esqueça das coisas.”

O icônico Johnny Rotten descreveu a situação da esposa como uma “ressaca permanente”.

“Fica cada vez pior, partes do cérebro armazenam cada vez menos memórias e, de repente, algumas lembranças somem completamente. Especialistas estão muito impressionados com o fato de ela nunca me esquecer. Estamos constantemente um com o outro e essa lembrança dela não vai sair de lá.”

Leia também:  O emocionado texto de Jairo Guedz sobre o fim do Sepultura

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasJohn Lydon diz que cuidar de esposa com Alzheimer o transformou
Pedro Hollanda
Pedro Hollanda
Pedro Hollanda é jornalista formado pelas Faculdades Integradas Hélio Alonso e cursou Direção Cinematográfica na Escola de Cinema Darcy Ribeiro. Apaixonado por música, já editou blogs de resenhas musicais e contribuiu para sites como Rock'n'Beats e Scream & Yell.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades