Cinebiografia de Gal Costa com Sophie Charlotte ganha pôster e data de estreia

"Meu Nome é Gal" contará a história de uma das maiores vozes da música brasileira, falecida no último dia 9 de novembro

A cinebiografia “Meu Nome é Gal”, que contará a história de Gal Costa, teve seu primeiro pôster revelado, bem como a data de estreia.

A cantora, que faleceu no último dia 9 de novembro aos 77 anos, será interpretada pela atriz Sophie Charlotte. O filme promete mostrar a ascensão de uma Gal ainda jovem, de saída da Bahia para viver no Rio de Janeiro e tornar-se uma estrela da música brasileira.

- Advertisement -

A imagem do pôster foi divulgada pela própria Sophie Charlotte, que se mostrou muito emocionada com a oportunidade de viver a lendária artista. Ela também confirmou a data de estreia do longa: 21 de setembro, na mesma semana em que Gal Costa completaria 78 anos.

Confira.

Leia também:  Vídeo pro-shot de show mostra como o AC/DC soa em 2024
https://www.instagram.com/p/Cop1r0DubHj/

Além de Sophie Charlotte, o elenco do filme conta com Rodrigo Lelis como Caetano Veloso, Dan Ferreira como Gilberto Gil, Camila Márdila como Dedé Gadelha, George Sauma como Waly Salomão, Luis Lobianco como Guilherme Araújo e Fábio Assunção como um diretor de TV. Dandara Ferreira interpreta Maria Bethânia e também divide a direção com Lô Politi.

Sobre Gal Costa

Nascida em 26 de setembro de 1945, em Salvador, Bahia, Maria da Graça Costa Penna Burgos iniciou sua carreira musical na década de 1960. Estreou junto de Caetano Veloso, Gilberto Gil, Maria Bethânia, Tom Zé e outros no o espetáculo “Nós, Por Exemplo…” Mudou-se para o Rio de Janeiro em 1965, onde fez sua primeira gravação, no álbum homônimo de Maria Bethânia.

Leia também:  James Hetfield volta a falar sobre ansiedade por sentir-se velho para o Metallica

Seu primeiro disco próprio saiu em 1967: “Domingo”, em parceria com Caetano Veloso. De lá, saiu seu primeiro hit, “Coração Vagabundo”. Em 1968, participou do trabalho “Tropicália ou Panis et Circencis”, um dos mais representativos do movimento tropicalista.

A partir daí, prosseguiu com uma carreira de sucesso, tornando-se uma das referências da MPB, além de flertar com diversos gêneros, incluindo o rock. Ao todo, Gal Costa lançou 41 álbuns de estúdio. O mais recente, “Nenhuma Dor”, saiu em 2021.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasCinebiografia de Gal Costa com Sophie Charlotte ganha pôster e data de...
André Luiz Fernandes
André Luiz Fernandes
André Luiz Fernandes é jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo (UMESP). Interessado em música desde a infância, teve um blog sobre discos de hard rock/metal antes da graduação e é considerado o melhor baixista do prédio onde mora. Tem passagens por Ei Nerd e Estadão.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades