Documentário sobre Syd Barrett promete explorar a mente do 1º líder do Pink Floyd

Roger Waters, David Gilmour e Nick Mason participam da nova produção sobre o saudoso colega

O Mercury Studios anunciou ter finalizado as filmagens do documentário “Have You Got It Yet? The Story of Syd Barrett and Pink Floyd”. A obra foi dirigida por Rodney Bogawa e o falecido Storm Thorgerson, fundador da Hipgnosis e parceiro da banda em várias de suas capas de discos e conceitos visuais.

O filme conta com depoimentos dos três membros vivos do Pink Floyd, Roger Waters, David Gilmour e Nick Mason. Outros músicos como Pete Townshend (The Who) e Graham Coxon (Blur) também participaram, assim como Rosemary Breen, irmã de Syd. A narração é do ator Jason Isaacs.

- Advertisement -

Alice Webb, CEO do Mercury Studios, declarou em nota oficial:

“Syd Barrett foi mais do que apenas o cofundador do Pink Floyd. Ele foi o combustível criativo, que se tornou um ícone da cultura pop e deixou todos se perguntando para onde ele foi, pois sua presença continuou na música que veio depois.”

Bogawa completou:

“É uma trágica história como as de Brian Wilson, Kurt Cobain e muitos outros na música e na arte cujos impulsos criativos explosivos muitas vezes se baseiam em uma energia frágil e exuberante que é pressionada por seu sucesso. O filme não é apenas um retrato de uma das figuras cult mais icônicas da música através das lentes e memórias de seus companheiros de banda, amados, amigos e outros músicos, mas também uma retrospectiva de um grupo de pessoas crescendo em meados dos anos sessenta e seu idealismo, ambições, esperanças e sonhos durante um momento cultural tão incrível.”

A trilha sonora contará com 50 músicas do artista em carreira solo e do grupo. Por hora, ainda não há data oficial de lançamento confirmada.

Leia também:  EXCLUSIVO: Veja setlist do Sepultura em 1º show da turnê de despedida

Syd Barrett e Pink Floyd

Nascido em Cambridge, Inglaterra, Roger Keith Barrett começou a tocar ukulele aos 10 anos, passando para o banjo e violão antes de chegar à guitarra aos 15. Construiu seu primeiro amplificador sozinho.

Foi membro fundador do Pink Floyd, participando dos primeiros singles e o álbum de estreia, “The Piper at the Gates of Dawn”. Caracterizava-se pelo estilo psicodélico de tocar, com acordes dissonantes, efeitos e distorções.

Após sair do grupo, lançou dois álbuns solo no início da década de 1970, apoiado pelos antigos colegas. Foram seus últimos trabalhos antes de abandonar a indústria musical.

Sua personalidade seguiu sendo inspiração para a banda que criou. Chegou a aparecer no estúdio durante as gravações do álbum “Wish You Were Here”. Os músicos não o reconheceram, devido à aparência totalmente diferente de poucos anos antes.

Leia também:  Biden ou Trump, quem Tim Commerford odeia mais? Baixista do RATM responde

Morreu em 7 de julho de 2006, devido a um câncer pancreático agravado pelo diabetes.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasDocumentário sobre Syd Barrett promete explorar a mente do 1º líder do...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades