As 10 melhores músicas de todos os tempos na opinião de Sting

Lista feita para um programa de rádio britânico abrange desde Otis Redding e Procol Harum a Wham! e Shaggy

Sting construiu uma carreira lendária no mundo da música, seja como integrante do The Police ou como artista solo. O cantor que nasceu Gordon Sumner e ganhou o famoso apelido por vestir um suéter listrado amarelo e preto ganhou o mundo atráves de uma combinação de punk, rock clássico, soul, jazz e reggae, além de se tornar um dos maiores proponentes da chamada world music.

Levando em conta tudo isso, não é nada estranho que, quando entrevistado para o programa de rádio “Tracks of My Years” em 2021, a lista de suas dez músicas preferidas de todos os tempos refletisse esse gosto eclético. O levantamento pessoal cobre desde os sucessos de sua infância, contemporâneos do auge de seu sucesso e até canções mais recentes.

- Advertisement -

Sting e Otis Redding

Um artista que marcou muito Sting durante sua adolescência foi o cantor americano Otis Redding, cuja “(Sittin’ On) The Dock of the Bay” está na lista, com ele contando a história de quando comprou o single e o ouviu pela primeira vez (transcrição via Far Out Magazine):

“Acho que eu tinha 16 anos e Otis Redding havia acabado de morrer num acidente de avião horrível. Eu fui na loja de discos e comprei ‘Dock Of The Bay’ do selo Stax, com um adesivo azul lindo no vinil. Tinha um saco de papel, eu tirei de dentro, coloquei no toca-discos, o ritual de sempre, coloquei a agulha no disco e ouvi. Que canção maravilhosa. É uma música triste, triste, mas sem nenhum acorde menor. São só acordes maiores, o que é meio que um feito de várias maneiras.”

Escolha inusitada

Outro artista citado é o nome mais inusitado da lista: Shaggy. Sting colaborou com o rapper no passado, e listou seu megahit “It Wasn’t Me” entre suas canções preferidas. Durante o programa, o cantor falou da amizade entre os dois:

“Às vezes você conhece alguém, e esse alguém pode ser bem diferente de você, origens bem diferentes, mas você reconhece uma alma gêmea. Shaggy e eu, nós genuinamente amamos um ao outro. Rimos das mesmas piadas. Eu acho ele um artista intensamente interessante. Quando ele faz rap, ele declama como um ato Shakespeareano, é uma voz linda. E ele escreve essas meio que parábolas morais. ‘It Wasn’t Me’ meio que tem uma moralidade em si. Nós a tocamos numa igreja alemã e eu precisei explicar para o pastor qual a mensagem era exatamente. Não sei o quão bem sucedido fui, mas é bem engraçada.”

Confira abaixo o top 10 de Sting.

Leia também:  Quando Ozzy Osbourne disse que Dio e Tony Iommi não tinham carisma

As 10 músicas favoritas de Sting

  • Otis Redding – ‘(Sittin’ On) The Dock of the Bay’
  • Procol Harum – ‘A Whiter Shade Of Pale’
  • Bob Marley & The Wailers – ‘No Woman, No Cry’
  • Gerry Rafferty – ‘Baker Street’
  • Pet Shop Boys – ‘West End Girls’
  • Wham! / George Michael – ‘Careless Whisper’
  • Eurythmics – ‘Here Comes The Rain Again’
  • The Human League – ‘Don’t You Want Me’
  • Peter Gabriel – ‘Sledgehammer’
  • Shaggy – ‘It Wasn’t Me’

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesAs 10 melhores músicas de todos os tempos na opinião de Sting
Pedro Hollanda
Pedro Hollanda
Pedro Hollanda é jornalista formado pelas Faculdades Integradas Hélio Alonso e cursou Direção Cinematográfica na Escola de Cinema Darcy Ribeiro. Apaixonado por música, já editou blogs de resenhas musicais e contribuiu para sites como Rock'n'Beats e Scream & Yell.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades