Planet Hemp lança “Jardineiros”, seu primeiro álbum em décadas

Sucessor de “A Invasão do Sagaz Homem Fumaça” (2000) traz participações de nomes como Criolo, Black Alien e Tropkillaz

O Planet Hemp lançou nas plataformas digitais um novo álbum de estúdio. Intitulado “Jardineiros”, o trabalho do quinteto formado atualmente por Marcelo D2, BNegão, Formigão, Pedro Garcia e Nobru chegou por meio da gravadora Som Livre.

É o primeiro disco de inéditas do grupo desde “A Invasão do Sagaz Homem Fumaça” (2000). A produção é assinada pela própria banda, ao lado de colaboradores como Nave, Mario Caldato (responsável pela finalização do álbum em Los Angeles, nos Estados Unidos) e Zegon (integrante do Tropkillaz).

- Advertisement -

O material apresenta participações especiais de artistas como:

  • Criolo (no single “Distopia”, liberado anteriormente);
  • Black Alien (membro honorário da banda carioca, que participa na faixa “O Ritmo e a Raiva”);
  • o jovem trapper argentino Trueno (em “Meu Barrio”);
  • o duo Tropkillaz (em “Ainda”);
  • MC Carol de Niterói, por intermédio de um sample (“Onda Forte”);
  • o trio carioca de música eletrônica Tantão e Os Fita (“Veias Abertas”), este último formado pelo artista visual, vocalista e compositor Carlos Antônio Mattos (Tantão) e pelos produtores Abel Duarte e Cainã Bomilcar, entre outros.
Leia também:  Black Country Communion anuncia novo álbum “V” e lança single

Em declaração oficial, o vocalista Marcelo D2 fala sobre como a situação política do país motivou o grupo a produzir material inédito.

“A gente achava que nunca mais ia lançar um disco do Planet. Estávamos bem resolvidos com a agenda de shows rolando desde 2008. Mas o momento da pandemia e todo o descaso do governo – que só foi crescendo e colocou o país numa situação de violência absurda – pareceu um chamado a criar algo e a nos posicionarmos por meio da música. Era como se cada um estivesse em um canto até o momento que recebemos o chamado do Batman. Esse foi o momento em que entendemos que era necessário tirar a poeira da capa e voltar para unificar o público.”

Também em nota à imprensa, BNegão complementa:

“Este disco é muito diverso, como é a história do Planet Hemp: não tem uma música muito parecida com a outra. Ter esse time de produtores com a gente nessa empreitada foi fundamental para chegarmos nesse resultado.”

Ouça “Jardineiros” a seguir, via Spotify, ou clique aqui para conferir em outras plataformas digitais.

Leia também:  Mdou Moctar anuncia novo álbum “Funeral for Justice” e lança single

O álbum está na playlist de lançamentos do site, atualizada semanalmente com as melhores novidades do rock e metal. Siga e dê o play!

A banda atualmente

Na ativa entre 1993 e 2001, o Planet Hemp encerrou atividades inicialmente para que Marcelo D2 focasse em sua carreira solo. Reuniões esporádicas ocorreram em 2003, 2010 e no período entre 2012 e 2016.

A partir de 2018, a banda voltou em definitivo. Nos últimos meses, foram realizadas apresentações nos festivais Lollapalooza Brasil, Virada Cultural de São Paulo, João Rock e Coolritiba.

Planet Hemp – “Jardineiros”

  1. Marcelo Yuka
  2. Distopia (feat. Criolo)
  3. Taca Fogo
  4. Puxa Fumo
  5. O Ritmo e a Raiva (feat. Black Alien)
  6. Jardineiro
  7. Amnésia
  8. Meu Barrio (feat. Trueno)
  9. Fim do Fim
  10. Eles Sentem Também
  11. Ainda (feat. Tropkillaz)
  12. Remedinho
  13. Veias Abertas (feat. Tantão e Os Fita)
  14. Planeta Maconha
  15. Onda Forte (com sample de MC Carol de Niterói)

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioLançamentosPlanet Hemp lança “Jardineiros”, seu primeiro álbum em décadas

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades