Mötley Crüe confirma John 5 como guitarrista na vaga de Mick Mars

Ex-integrante das bandas de Rob Zombie e Marilyn Manson se junta ao grupo de hard rock para a The World Tour, com o Def Leppard

O Mötley Crüe confirmou a entrada do guitarrista John 5 para a realização dos shows da The World Tour, ao lado do Def Leppard. O ex-integrante das bandas de Rob Zombie e Marilyn Manson ocupa a vaga de Mick Mars, aposentado dos compromissos ao vivo em função do avanço da espondilite anquilosante, doença degenerativa similar a uma artrite autoimune que causa especialmente rigidez e dor nas articulações na coluna.

Em nota divulgada nas redes sociais, a banda afirma:

“Embora a mudança nunca seja fácil, aceitamos a decisão de Mick de se aposentar da banda devido aos desafios com sua saúde. Vimos Mick lidar com sua espondilite anquilosante por décadas e ele sempre conseguiu com a maior coragem.

Dizer ‘basta’ é o último ato de coragem. O som de Mick ajudou a definir o Mötley Crüe desde o minuto em que ele ligou sua guitarra em nosso primeiro ensaio juntos. O resto, como dizem, é história. Continuaremos a honrar seu legado musical.

Realizaremos o desejo de Mick e continuaremos a excursionar pelo mundo conforme planejado em 2023. Sem dúvida, será necessário um músico excepcional para ocupar o lugar de Mick, então estamos gratos que nosso bom amigo John 5 concordou em vir a bordo e se juntar a nós seguindo em frente.”

- Advertisement -

No mesmo comunicado, John 5 declara:

“Estou honrado por continuar o legado de Mick e estou ansioso para tocar essas músicas.”

https://www.instagram.com/p/CkOsdKEv2Sl/

Mick Mars aposentado

A aposentadoria de Mick Mars, músico de 71 anos, foi anunciada na última quarta-feira (26) em nota divulgada para a revista Variety. O texto diz:

“Mick Mars, cofundador e guitarrista da banda de heavy metal Mötley Crüe nos últimos 41 anos, anunciou hoje que, devido à sua luta dolorosa contínua com a espondilite anquilosante, ele não mais poder fazer uma turnê com a banda. Mick continuará como membro da banda, mas não pode mais lidar com os rigores da estrada. A espondilite anquilosante é uma doença degenerativa extremamente dolorosa e incapacitante, que afeta a coluna.”

Embora especulada há semanas, a notícia só foi confirmada um dia após o Crüe dar início à venda de ingressos para a The World Tour, extensão da The Stadium Tour abrangendo agora América do Sul e Europa. O grupo se apresentará junto do Def Leppard em vários países, incluindo o Brasil, cujas datas estão marcadas para março de 2023.

John 5 e Mötley Crüe

As especulações em torno de John 5 iniciaram após, no ínicio deste mês, a informação ter sido divulgada pelo Metal Sludge, site que acertou alguns rumores recentemente – como a saída de Nita Strauss da banda de Alice Cooper para se juntar a Demi Lovato.

Leia também:  Justiça nega pedido do Kiss para arquivar processo por morte de técnico de guitarra

Outras situações recentes parecem colocar um tempero adicional ao caso. De acordo com o site Blabbermouth, John 5 não participou do show realizado por Rob Zombie no festival Aftershock, em Sacramento, Estados Unidos, no último dia 6 de outubro. Mike Riggs, que fazia parte de sua banda entre 1997 e 2003, o substituiu.

O canal de YouTube Rock Feed foi além e apurou que Rob Zombie e John 5 não se seguem mais nas redes sociais. Embora a ausência do músico não tenha sido explicada durante o show no Aftershock, tudo parece indicar que a parceria entre os dois, iniciada em 2005, foi encerrada.

Mick Mars e a espondilite anquilosante

Ainda na juventude, Mick Mars foi diagnosticado com a espondilite anquilosante. O guitarrista contou sobre como as dores começaram a incomodá-lo no livro “The Dirt”, a famosa biografia da banda que originou o filme de mesmo nome.

Segundo ele, as dores começaram nos quadris e foram piorando gradativamente, subindo para o resto do corpo, incluindo costas e estômago.

“Meus quadris começaram a doer tanto a cada vez que eu virava meu corpo que parecia que alguém estava acendendo fogos de artifício nos meus ossos. Eu não tinha dinheiro para ir ao médico, então continuei acreditando que poderia fazer o que eu geralmente fazia: torcer para ir embora, com o poder da minha mente. Mas continuou piorando.”

Com o tempo, as dores se somaram a uma escoliose, o que fez com que ele ficasse alguns centímetros mais baixo, e uma forte sensibilidade à luz. Ele também não consegue mover sua cabeça, o que o impossibilita de dirigir, entre outras atividades.

A saúde de Mick Mars foi um ponto decisivo para as atividade do Mötley Crüe. Chegou-se a cogitar, inclusive, que o encerramento das atividades da banda em 2015 teria a ver com isso – algo negado pelo próprio guitarrista.

Em uma entrevista de 2011, ele resumiu sua motivação pela música, onde comenta a respeito da doença e de como fez para seguir em frente:

“Ainda dói. Ainda incomoda de vez em quando, mas como eu digo, música é minha paixão. É o que eu faço. É pelo que eu vivo. Acho que ela me mantém vivo. Estou feliz por estar aqui, por poder fazer as pessoas felizes, por fazê-las sorrir e dar a elas o que eu sinto através da minha música. Espero que gostem, e se não gostarem, tudo bem.”

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasMötley Crüe confirma John 5 como guitarrista na vaga de Mick Mars
Igor Miranda
Igor Miranda
Igor Miranda é jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital. Escreve sobre música desde 2007. Além de editar este site, é colaborador da Rolling Stone Brasil. Trabalhou para veículos como Whiplash.Net, portal Cifras, revista Guitarload, jornal Correio de Uberlândia, entre outros. Instagram, Twitter e Facebook: @igormirandasite.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades