Ivan Moody volta atrás e diz que não irá se aposentar do metal

Vocalista do Five Finger Death Punch pediu desculpas pela declaração impulsiva feita durante show e exaltou colegas de banda

Para surpresa de rigorosamente ninguém, o vocalista Ivan Moody se retratou da declaração feita no último dia 14 de outubro. Durante show do Five Finger Death Punch em Denver, Colorado, o frontman declarou que iria gravar mais um álbum com a banda e se aposentar de sua carreira no heavy metal.

Acompanhado dos filhos no palco, Ivan declarou, conforme transcrito pelo Loudwire:

“Eu queria contar isso. E ninguém mais no mundo sabe, Denver, então é aqui que vai começar. E o que vocês farão com isso depende de vocês. Nos últimos 15 anos da minha vida eu viajei pelo mundo, vi todos os países, todas as cidades deste planeta pelo menos duas vezes. Isso é um fato. E durante esse tempo, como muitos de vocês, pais, sabem… eu perdi muito tempo das vidas dos meus filhos. Então eu fiz um acordo com eles hoje e vou cumprir. Depois deste ano, vou fazer mais um álbum do Five Finger Death Punch e depois me aposentar do heavy metal.”

- Advertisement -

Duas semanas se passaram e o cantor publicou um vídeo no YouTube pedindo desculpas e retirando o que havia dito. Ele declarou, novamente de acordo com o Loudwire:

“Eu realmente sosseguei nos últimos dias e absorvi tudo. Em primeiro lugar, quero pedir desculpas. De verdade. A música é tudo que tenho e não acho que meus filhos iriam me respeitar a longo prazo se parasse de fazer o que me trouxe aqui. Não acho que meus amigos falariam comigo. Obviamente eles não me mandaram mensagens, não os que eu esperava.

Meus companheiros de banda merecem mais. Zoltan (Bathory, guitarrista) merece meu coração e ganhou meu respeito definitivo. Ele é como um irmão de sangue. Você merece o melhor, não há dúvida sobre isso.”

Moody concluiu dizendo que nasceu para tocar heavy metal e que sua alma desapareceria se parasse.

“Eu não posso desistir. Para ser bem honesto com vocês, eu acho que morreria. Talvez não fisicamente, mas minha alma iria desaparecer definitivamente. Nasci para isso. Há um fogo dentro de mim que nunca vai se apagar. Música e heavy metal são tudo que eu já tive, tudo que eu já conheci. Eu fui projetado por isso.

Quando todo o resto do mundo se virou contra mim, encontrei consolo e santuário em bandas como Metallica, Pantera, Alice in Chains e Danzig. Eu não vou a lugar nenhum. Eu não vou. Talvez eu tenha sido um pouco impulsivo. Espero que todos vocês me perdoem.”

Falas desmentidas de Ivan Moody

Declarações bombásticas posteriormente desmentidas não são novidade para quem acompanha a carreira de Ivan Moody. Em novembro de 2016, em Worcester, Massachusetts, ele declarou ao público que sua mãe havia morrido naquela noite. A família e colegas de banda desmentiram.

Leia também:  Filho de Chorão alega ter caído em golpe; guitarristas do Charlie Brown Jr rebatem

No ano seguinte, disse que estava fazendo seu último show com o grupo durante apresentação na Holanda. Nos dois casos, os vícios foram apontados como fatores que desencadearam o comportamento.

Five Finger Death Punch e “AfterLife”

AfterLife”, 9º álbum de estúdio do Five Finger Death Punch, saiu em agosto último. O trabalho chegou ao top 20 em 12 paradas internacionais, com destaque para o 1º lugar na Finlândia e Suíça.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasIvan Moody volta atrás e diz que não irá se aposentar do...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades