Por que o Alter Bridge nunca fez tanto sucesso? Integrantes respondem

Registro vocal de Myles Kennedy e passado com o Creed são apontados como empecilhos

Apesar de contar com uma base fiel de fãs em todo o mundo e tocar em algumas das principais arenas, o Alter Bridge não alcançou o status de banda gigante. A comparação pode até mesmo ser feita com um grupo que conta com os mesmos instrumentistas – no caso, o Creed.

Em entrevista à mais recente edição da revista Guitar, o vocalista e guitarrista Myles Kennedy analisou os motivos para o grupo não ter obtido tanta repercussão no mainstream. Sobrou até espaço para uma autocrítica reflexiva.

“Acho que existem alguns motivos. Pode ter algo a ver com minha abordagem de cantar. Ela é mais aguda e, quando começamos, estava mais em voga ser barítono. Já havia um certo legado estabelecido antes de nós.”

- Advertisement -

O guitarrista Mark Tremonti entende que os estereótipos herdados pelo Creed – uma das bandas mais criticadas de sua geração – também prejudicaram.

“Esperávamos trazer um monte de fãs que já tínhamos quando começamos a fazer novas músicas. Mas é difícil conseguir novos se os gatekeepers não estão apoiando como era no passado. Acho que, naquele momento, o Creed era tão grande e tão polarizador que as pessoas tinham medo de nós. Nos Estados Unidos não recebemos o amor e o apoio a que estávamos acostumados.”

Leia também:  A dura crítica de Serj Tankian ao Imagine Dragons por show no Azerbaijão

Alter Bridge atualmente

Apesar dos pesares, o Alter Bridge desenvolveu uma carreira de respeito. “Pawns & Kings”, 7º disco de estúdio do grupo, saiu no último dia 14 de outubro.

Nas próximas semanas o quarteto inicia uma nova turnê europeia. Halestorm e Mammoth WVH serão as atrações de abertura.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesPor que o Alter Bridge nunca fez tanto sucesso? Integrantes respondem
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

1 COMENTÁRIO

  1. eu particularmente gosto demais da banda e do vocal principalmente do Myles Kennedy, que faz um belo trabalho com o Slash, não vejo nada de errado, otima banda que acompanho e esse ultimo lançamento está muito bom…

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades