Foto: Dario Zalis

Pepeu Gomes critica protestos políticos em festivais: “é lugar de música”

Guitarrista ecoou comentários feitos recentemente pela organizadora do Rock in Rio, Roberta Medina: “não tem nada a ver música e política, tem que saber separar”

Não tem nada a ver música e política, de acordo com o músico Pepeu Gomes.

Durante entrevista recente à revista Veja sobre a polêmica envolvendo a possibilidade de manifestações políticas durante o Rock in Rio deste ano, o eterno guitarrista dos Novos Baianos se colocou do mesmo lado de Roberta Medina, organizadora do festival, declarando: 

“Festival é lugar de música, de se fazer música, se divertir de tarde e dançar à noite. Não tem nada a ver música e política, tem que saber separar as coisas.”

Responsável no passado por compor canções políticas como “O Mal é o Que Sai da Boca do Homem” – que questionava a política antidrogas durante a ditadura militar -, Pepeu criticou o estado atual do país, dizendo:

“O Brasil não está nada rock’n roll. Teremos eleição e Copa do Mundo, depois de uma pandemia, fica difícil você conseguir estruturar um país. Muita confusão ao mesmo tempo, são 20 milhões de analfabetos e esfomeados. Isso tá errado…”

Contudo, apesar de afirmar não se envolver com política, ele afirmou estar preocupado com o estado da cultura no Brasil atual:

“Nunca gostei de me meter com política. Defendo as classes, sou solidário. Mas não tenho lado, posição, partido, infelizmente. O país não me proporciona isso. Ninguém me enche o coração, me faz sorrir ou ter esperança para cultura. Um país que não tem ministério de cultura, só secretaria… é difícil o artista se posicionar”.

Pepeu Gomes e Baby do Brasil

Atualmente, Pepeu celebra seus 70 anos de vida junto a Baby do Brasil com uma série de novidades. Os dois estão com a turnê “140 Graus”, lançaram o álbum ao vivo “Noites Cariocas” e disponibilizaram como single a regravação de “Masculino e Feminino”.

*Foto da matéria: Dario Zalis

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

1 comentário
  1. Aí depende da atitude de cada músico, estilo de música e da época…já que estamos em ano de eleições!!!! Lugar de protestar é onde tem gente…Pepeu tá com a vida ganha, então não tem o que protestar!!!! valeu!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
0
Share