Espólio de Marilyn Monroe defende Ana de Armas em “Blonde” após críticas

Sotaque da protagonista, de origem cubana, vem sendo motivo de reclamação após o lançamento do primeiro trailer

O primeiro trailer de “Blonde”, cinebiografia de Marilyn Monroe, gerou algumas críticas em relação à atuação de Ana de Armas no papel da icônica estrela de Hollywood. O filme não é oficialmente autorizado pelo espólio da atriz, mas um dos responsáveis por administrar a “marca” defendeu a escalação.

As críticas feitas a Ana de Armas ocorrem especialmente em relação ao sotaque espanhol entregue pela atriz, de origem cubana, em sua versão de Marilyn Monroe. Contudo, na visão de Marc Rosen, da Authentic Brands Group – empresa responsável pelo espólio da atriz -, não há nada de errado com o que foi visto até agora. Ele disse em nota:

“Marilyn Monroe é um ícone singular de Hollywood e da cultura pop que transcende gerações e a história. Qualquer atriz que assume esse papel sabe que tem grandes responsabilidades. Com base no trailer apenas, parece que Ana foi uma ótima escolha de elenco, capturando o glamour, a humanidade e a vulnerabilidade de Marilyn. Mal podemos esperar para ver o filme inteiro!”

“Blonde” é baseado no livro de Joyce Carol Oates, que adiciona alguns toques de ficção à vida de Marilyn Monroe. Andrew Dominik dirige a adaptação, que além de Ana de Armas, conta ainda com Bobby Cannavale, Adrien Brody, Julianne Nicholson, Xavier Samuel, e Evan Williams.

O filme é uma produção da Netflix e chega à plataforma no dia 28 de setembro.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
0
Share