Foto: Ross Halfin

Como o álbum “Patient Number 9” fez Ozzy Osbourne se distrair de problemas

Vocalista tem enfrentado uma série de problemas de saúde: “não é segredo que os últimos quatro anos foram muito difíceis para mim”

Atualmente com 73 anos e convivendo com uma série de problemas de saúde, Ozzy Osbourne saudou o trabalho em seu novo álbum, “Patient Number 9”, como um momento que tirou seu foco do lado ruim do que ocorria no mundo, especialmente a pandemia.

Em série de perguntas e respostas enviada por sua assessoria a veículos de imprensa, o cantor elaborou sobre o tema.

“Bem, fui vacinado e reforçado, mas ainda peguei Covid no final. Meu último álbum (‘Ordinary Man’) foi lançado apenas algumas semanas antes do início da pandemia. Estava prestes a entrar em estúdio para trabalhar neste novo disco quando o mundo parou. Não é segredo que os últimos quatro anos foram muito difíceis para mim, mas este trabalho tirou minha mente dos meus problemas.”

Quanto aos convidados especiais, Ozzy ressaltou as reuniões com Tony Iommi e Zakk Wylde, além de Jeff Beck, que tocou na faixa-título, lançada como primeiro single.

“Tony é o mestre dos riffs, ninguém ganha dele nisso. Só queria que tivéssemos essas músicas quando gravamos o último disco do Black Sabbath. Zakk foi chamado porque precisávamos de um pouco mais de peso. Ele é da minha família e sempre será. E ter alguém como Jeff Beck é simplesmente incrível, uma honra. A maneira como ele toca é algo muito próprio.”

“Patient Number 9” será lançado no próximo dia 9 de setembro. Foram confirmadas participações de nomes como Jeff Beck, Tony Iommi, Eric Clapton, Zakk Wylde, Mike McCready (Pearl Jam), Josh Homme (Queens of the Stone Age), Robert Trujillo (Metallica) e o falecido Taylor Hawkins (Foo Fighters). Assim como no anterior, a banda fixa tem o guitarrista/produtor Andrew Watt, o baixista Duff McKagan (Guns N’ Roses) e o baterista Chad Smith (Red Hot Chili Peppers).

Ozzy Osbourne atualmente

Portador da doença de Parkinson, Ozzy Osbourne passou por uma cirurgia no último dia 13, visando reajustar e retirar pinos de sua coluna e pescoço. De acordo com Sharon, a operação seria decisiva para ditar os rumos do restante da vida do cantor. Atualmente, ele se recupera na casa da família em Los Angeles, Estados Unidos.

Em breve, o casal voltará a morar na Inglaterra, em Buckinghamshire, onde possuem uma propriedade. O local está sendo adaptado para proporcionar maior comodidade ao Madman. Uma equipe de enfermeiros irá se revezar 24 horas por dia, morando em um anexo.

A princípio, a “No More Tours 2”, sua segunda turnê de despedida, deverá acontecer em 2023.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
1
Share