Batatinhas de Dave Mustaine mostraram que havia algo errado no Metal Open Air

Thiago Bianchi, vocalista do Noturnall, lembra que organização do malfadado festival no Maranhão não conseguiu algo simples para o frontman do Megadeth, grande atração do evento

Durante entrevista ao G1 falando sobre os 10 anos do Metal Open Air, o vocalista Thiago Bianchi relembrou uma situação específica que o chamou atenção para o desastre em que o evento estava se transformando. Atual cantor do Noturnall, o músico se apresentou no festival com o Shaman.

Eis que uma cena foi testemunhada nos camarins.

“Um amigo nosso que estava trabalhando com o Megadeth passou segurando uma garrafa de vinho e deu um grito muito alto no corredor falando o Dave Mustaine disse que queria as batatinhas dele. E jogou uma garrafa de vidro no chão.

Todo mundo olhou assim, né? Três horas para ver uma batatinha frita… ‘O cara disse que ele vai subir no palco se ele tiver batatinha frita, eu não sei o que’. Eu não sei se isso procedia porque eu sei que a pessoa que trabalhava direto com ele e duvido muito que o cara fizesse isso a troco de nada também, mas o cara deu um chilique lá, porque não tinha vindo as batatinhas fritas do Dave Mustaine.”

- Advertisement -
Leia também:  Eloy Casagrande não é mais baterista do Sepultura, que anuncia novo integrante

O momento, que pode soar como mero ataque de estrelismo para os leigos, serviu como uma espécie de sinal que as coisas não iam bem.

“Isso pode ser muito sério, porque se você não consegue entregar uma batatinha frita para o maior músico daquela noite… algo está muito errado. Isso ligou a nossa luz vermelha. Ficou todo mundo ‘C@ralho, mano, será que esse evento vai dar m#rda? Daí começou a todo mundo ligar as anteninhas. Todo mundo começou a ficar cabreiro.”

A matéria completa, que também conta com depoimento de Marcello Pompeu, vocalista do Korzus, pode ser lida clicando aqui.

Sobre o Metal Open Air

Programado para ocorrer nos dias 20, 21 e 22 de abril de 2012 em São Luís, Maranhão, o Metal Open Air deveria ter 47 shows de artistas nacionais e internacionais. Apenas 14 se apresentaram, em uma estrutura longe do que havia sido prometido. A última data acabou sendo cancelada integralmente.

Leia também:  Dire Straits Legacy confirma 8 shows no Brasil entre abril e maio

O público também sofreu com condições precárias, incluindo alojamentos em estábulos, falta de higiene, problemas com o transporte, escassas opções de alimentação e registros de assaltos nas imediações e dentro do local onde o evento aconteceria.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesBatatinhas de Dave Mustaine mostraram que havia algo errado no Metal Open...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades