A fortuna que Kate Bush pode estar levando com volta de “Running Up That Hill”

Sucesso da música na quarta temporada de “Stranger Things” pode estar transformando a cantora em uma das maiores artistas independentes do mundo

Kate Bush está de volta aos holofotes graças à série “Stranger Things”, da Netflix. A quarta temporada da produção usa a música “Running Up That Hill”, do álbum “Hounds of Love” (1985), como ponto central da trama.

Aparentemente, isso está rendendo uma nova fortuna para a cantora. Como ela detém praticamente todos os direitos possíveis sobre sua obra, os rendimentos são direcionados quase que em sua totalidade à artista.

De acordo com um artigo do site Music Business Worldwide, Bush gerencia os royalties de seu trabalho artístico através da empresa Noble & Brite, de propriedade dela. Inclusive, o nome da companhia é citado na área de Política de Privacidade do site da cantora.

A gravadora Warner Bros, que trabalha com Kate, tem apenas direitos de distribuição. Nem mesmo o licenciamento da obra é tratado com a gigante do entretenimento, mas sim com a Noble & Brite.

Kate Bush e a nova fortuna com “Running Up That Hill”

Ainda segundo o Music Business Worldwide, em somente uma semana, “Running Up That Hill” teve 57 milhões de streamings no Spotify, apenas uma das plataformas do gênero. A remuneração do aplicativo varia muito e é difícil fazer uma estimativa mais precisa, mas essa quantidade de reproduções exclusivamente no Spotify teria rendido mais de US$ 200 mil (cerca de R$ 1 milhão, na cotação atual) para Kate Bush no período de sete dias.

Como destacado anteriormente, o valor seria praticamente todo da cantora. Com exceção dos músicos que tocaram no álbum “Hounds of Love”, que também recebem parte dos direitos conexos, entre outros profissionais, todo o dinheiro é destinado à Noble & Brite.

Vale reforçar: os números não são precisos, o que entra em uma antiga discussão sobre o formato do streaming e a remuneração dos músicos. Artistas podem receber valores diferentes para uma mesma quantidade de streams.

Ainda assim o ressurgimento de Kate Bush por meio da série da Netflix poderia facilmente se tornar um estudo de caso no showbusiness, além de fazer dela uma das maiores artistas independentes do mundo.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
12
Share