O encontro entre U2 e B.B. King em “When Love Comes to Town”

Música gravada em parceria não apenas se tornou hit como apresentou trabalho do bluesman a uma nova geração

Em 1987, o U2 conquistou o mercado fonográfico americano – o mais difícil do mundo para bandas de rock. O álbum “The Joshua Tree” vendeu que nem água e a turnê subsequente ganhou uma dimensão tão grande que virou filme e rendeu um disco, chamado “Rattle and Hum”.

O trabalho de 1988 age quase como uma carta de amor do grupo à cultura americana, tentando explorar todos os marcos do rock’n’roll e da música que os inspiraram. E no meio desse caminho, eles tiveram a oportunidade de tocar com o rei do blues, B.B. King.

A colaboração surgiu num show do bluesman em Dublin. King foi informado da presença dos músicos irlandeses na plateia e eles o visitaram no camarim após a apresentação, declarando-se fãs.

Conversa vai, conversa vem e King, agradecido com o carinho do U2, brincou com o vocalista Bono, pedindo para pensar nele na próxima vez que compusesse algo. O desafio estava feito.

Peso nos versos

Quando B.B. King foi convidado tempos depois para abrir um show da turnê “The Joshua Tree” em Fort Worth, Texas, ele cobrou de Bono uma canção, mas o vocalista não estava pronto, como ele contou ao site oficial da banda:

“Escrevi a letra na banheira em uns dez minutos, enquanto ele esperava no saguão. Saí do banho, me vesti, desci e dei pra ele a canção. Ele me falou: ‘você é meio jovem pra escrever uma letra tão pesada’.”

A primeira apresentação ao vivo de “When Love Comes to Town”, música que nasceu da parceria, aconteceu durante o bis de um show em Fort Worth, nos Estados Unidos. No documentário “The Life of Riley”, sobre a vida de King, Bono lembrou com bom humor da banda tentando mostrar os acordes da canção para o bluesman, que respondeu com educação:

“Cavalheiros, eu não toco acordes.”

Sucesso e novo público para B.B. King

“When Love Comes to Town” foi gravada no lendário Sun Studios, em Memphis. Lançada como single do disco que acompanhou o filme “Rattle and Hum”, a canção atingiu o 2º lugar nas paradas de rock nos Estados Unidos e o 6º lugar no Reino Unido, se tornando o maior sucesso de B.B. King na terra da rainha. Um clipe do filme contendo a apresentação de Fort Worth ganhou rotação pesada na MTV e ganhou um MTV Video Music Award em 1989.

King foi convidado em 1989 a fazer abertura dos shows da turnê “Lovetown” do U2, que percorreu Nova Zelândia, Japão, Irlanda, Alemanha e Holanda. Em quase todos esses shows, “When Love Comes to Town” foi apresentada com participação do músico americano.

A combinação do sucesso da canção e a entrada de King no Rock and Roll Hall of Fame em 1987 ajudou a apresentar o bluesman a uma plateia completamente nova, dando continuação a uma carreira de sucesso até sua morte. E em meio a isso tudo, a amizade com os irlandeses só ficou mais forte.

No site oficial do U2, o baixista Adam Clayton é citado falando sobre a relação da banda com King:

“Nós descobrimos um elo entre nós e artistas mais velhos como B.B. King. Quando o conhecemos, havia um entendimento entre nós total e nada precisava ser dito. Esse foi o resultado de dez anos trabalhando pra chegar nessa posição.”

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
21
Share