Dave Grohl lança álbum do Dream Widow, projeto metal do filme “Studio 666”

Líder do Foo Fighters diz que sonoridade do trabalho tem influências que vão de Trouble a Kyuss

O Dream Widow, projeto de Dave Grohl (Foo Fighters), lançou nas plataformas digitais seu primeiro álbum. O trabalho homônimo foi produzido como parte da trilha sonora do filme “Studio 666”, que estreou nos cinemas americanos em fevereiro e nos brasileiros recentemente.

No longa, o Dream Widow é uma banda fictícia que faz parte do roteiro. Grohl ficou empolgado com a ideia de gravar músicas de metal para a trilha sonora e acabou fazendo um disco inteiro, que agora é disponibilizado ao público.

Em entrevista à Rolling Stone, Dave comentou sobre a sonoridade do álbum.

“Algumas músicas lembram o Trouble. Outras remetem ao Corrosion of Conformity. Ainda há as que têm uma vibe na linha do Kyuss.”

Ouça “Dream Widow” a seguir, via Spotify ou YouTube (playlist).

O álbum está na playlist de lançamentos do site, atualizada semanalmente com as melhores novidades do rock e metal. Siga e dê o play!

Studio 666 e Dream Widow

A trama de “Studio 666” apresenta o Foo Fighters se mudando para uma mansão transformada em estúdio, visando gravar seu novo disco. Uma vez na casa, Dave Grohl sofre influências de forças sobrenaturais relacionadas aos antigos moradores – os músicos do próprio Dream Widow, sobre o qual Dave falou em entrevista a Howard Stern.

“Acabo encontrando esse porão assustador. E quando vou até lá, acho a fita de uma banda que usou o local 25 anos atrás. Nela há essa música que, se gravada e completada, um demônio é liberado. Assim, abrimos os portais do inferno.”

A história criada em relação ao nome é um tanto quanto mórbida – embora reflita o que muitos gostariam de fazer com seus colegas.

“O cantor enlouqueceu e assassinou toda a banda por diferenças criativas. Vamos gravar na casa sem ter ideia do que aconteceu 25 anos atrás. Logo começo a ficar possuído por um espírito.”

Dave Grohl e o Probot

Não é a primeira incursão de Dave Grohl por caminhos metálicos. Em 2004, o artista lançou o álbum homônimo do Probot. O projeto contou com uma série de diferentes músicos em cada faixa. Entre os participantes, nomes como Max Cavalera, Lemmy Kilmister, King Diamond e Kim Thayil.

* Texto por João Renato Alves e Igor Miranda.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
2
Share