Paul McCartney revela por que ele e John Lennon começaram a compor separados nos Beatles

“Era apenas uma questão de localização, na verdade”, explica Macca, de forma mais simples do que muitos esperariam

Apesar de terem seguido assinando em parceria as músicas dos Beatles, Paul McCartney e John Lennon nem sempre compuseram juntos.

Em entrevista à National Public Radio, transcrita pelo Ultimate Guitar, o baixista e vocalista explicou como a dinâmica funcionava.

“Era apenas uma questão de localização, na verdade. Quer dizer, se eu estivesse de férias e pintasse uma inspiração, John não estaria lá. Então, apenas eu escreveria a música. Não dava para esperar nos reencontrarmos. O mesmo acontecia com ele.”

Como exemplo, Macca usou sua música mais regravada.

“Em ‘Yesterday’, a melodia veio a mim em um sonho e a toquei para John. E ele disse: ‘Oh, eu gosto disso’. Eu estava basicamente perguntando se essa era a melodia de outra pessoa.Eu não podia acreditar que era minha porque ela surgiu em um sonho. Escrevi a letra quando estava de férias em Portugal, em uma longa viagem de Lisboa até à costa sul. Foi apenas um processo diferente.”

Beatles, Paul McCartney e John Lennon

O compromisso entre Paul McCartney e John Lennon foi honrado até o final das atividades dos Beatles, mesmo com os desentendimentos cada vez mais frequentes. O método é utilizado até hoje por várias bandas, visando evitar maiores disputas de ego na hora de decidir as músicas que entrarão em um novo disco.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
31
Share