A “sessão de terapia” que deu origem à música “The War Inside”, de Tom Morello e Chris Stapleton

Faixa é um dos destaques de “The Atlas Underground Fire”, novo álbum solo do guitarrista do Rage Against the Machine

O guitarrista Tom Morello liberou um novo álbum solo, “The Atlas Underground Fire“, nas plataformas digitais. Entre vários convidados que colaboram com o disco, o nome de Chris Stapleton é um dos destaques – com ele, o músico do Rage Against the Machine fez “The War Inside”, uma das melhores faixas do trabalho.

Em entrevista coletiva realizada no início do mês, tive a oportunidade de perguntar a Morello sobre “The War Inside”. Inicialmente, o guitarrista revelou ter conhecido Stapleton no início de 2019, durante um evento realizado em homenagem a Chris Cornell, vocalista do Soundgarden e Audioslave falecido em 2017.

“Conheci Chris Stapleton no show em tributo a Chris Cornell, alguns anos atrás. Ele foi muito gentil. Trocamos nossos números de telefone e eu queria trabalhar com ele para ver até onde iríamos chegar. Ele foi um dos primeiros artistas com quem colaborei para esse álbum.

Como todo o álbum, “The War Inside” foi composta e gravada durante a pandemia. Tom e Chris sentiam-se tão afligidos com a situação provocada pela Covid-19 em todo o mundo que a sessão de composição em videoconferência tornou-se, na verdade, uma “sessão de terapia”.

“Fizemos uma chamada no Zoom, com guitarras, com a intenção de compor a música. Porém, não a compusemos de início. Em vez disso, ficamos desabafando sobre como estavam sendo nossos dias, onde estávamos tentando não enlouquecer. Tentamos nos lembrar de como era ser músico e como nossas famílias estavam: os estresses de ser pai, de ser filho, de ser marido… foi como uma sessão de terapia que durou umas duas horas antes mesmo de tocarmos uma nota sequer na guitarra.”

No fim das contas, todo o bate-papo entre os dois músicos inspirou a criação de “The War Inside”.

“Essa conversa se transformou a temática da música ‘The War Inside’. Quando começamos a tocar e a trocar licks e acordes, as entrelinhas do que discutimos nas últimas horas tornaram-se a base para a música.”

Ainda durante a entrevista coletiva, o músico deixou uma mensagem especial aos fãs do Brasil:

“Agradeço de coração a todos os fãs, amigos e camaradas – especialmente camaradas (risos) – no Brasil ao longo dos últimos 30 anos. Levou muito tempo para que eu e minha banda fôssemos até aí e finalmente fazer um show. A resposta e o carinho do público foram tão incríveis que voltei várias vezes. Alguns de meus momentos favoritos no palco, de todos os tempos, foram no Brasil. Estou ansioso para voltar.”

Já disponível nas plataformas digitais, “The Atlas Underground Fire” também traz participações de Bruce Springsteen, Eddie Vedder, Damian Marley, Grandson, Phantogram e Bring Me The Horizon, entre outros. Em nota, Tom Morello explicou que a produção em torno desse disco foi conduzida de forma relativamente improvisada em questões técnicas.

“Durante o isolamento, eu não tinha acesso a um engenheiro de som, então tive que gravar todas as partes de guitarra no gravador de voz do meu celular. Isso pareceu uma ideia absurda, mas levou uma liberdade na criação, já que eu não podia elaborar demais nenhuma parte de guitarra e tinha que confiar nos meus instintos.”

Ouça “The Atlas Underground Fire” a seguir, via Spotify, ou clique aqui para conferir em outras plataformas.

O álbum está em minha playlist de lançamentos, atualizada sempre às sextas-feiras. Siga e dê o play:

Tom Morello – “The Atlas Underground Fire”

  1. Harlem Hellfighter
  2. Highway to Hell (featuring Bruce Springsteen and Eddie Vedder)
  3. Let’s Get The Party Started (featuring Bring Me The Horizon)
  4. Driving to Texas (featuring Phantogram)
  5. The War Inside (featuring Chris Stapleton)
  6. Hold The Line (featuring grandson)
  7. Naraka (featuring Mike Posner)
  8. The Achilles List (featuring Damian Marley)
  9. Night Witch (featuring phem)
  10. Charmed I’m Sure (featuring Protohype)
  11. Save Our Souls (featuring Dennis Lyxzén of Refused)
  12. On The Shore Of Eternity (featuring Sama’ Abdulhadi)
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Total
1
Share