A reação dos músicos do Black Sabbath à morte de Randy Rhoads em 1982

Em 19 de março de 1982, um acidente de avião matou Randy Rhoads, guitarrista de Ozzy Osbourne. A notícia impactou o meio heavy metal na época, inclusive os próprios membros do Black Sabbath, então ex-banda do vocalista.

Em 19 de março de 1982, um acidente de avião matou Randy Rhoads, guitarrista de Ozzy Osbourne. A notícia impactou o meio heavy metal na época, inclusive os próprios membros do Black Sabbath, então ex-banda do vocalista.

Na época, o Black Sabbath estava em turnê pelos Estados Unidos, assim como Osbourne. A banda trazia Ronnie James Dio no vocal e Vinny Appice na bateria, além do baixista Geezer Butler e do guitarrista Tony Iommi.

Em recente entrevista para a Goldmine Magazine, Butler relembrou que, naqueles tempos, o Black Sabbath não estava nos melhores termos com Ozzy Osbourne, já que a saída do cantor, devido a problemas com drogas e álcool, foi um tanto traumática. Ainda assim, os músicos do grupo ficaram afetados pela trágica notícia relacionada a Randy Rhoads, que chegou por meio do rádio.

“O único momento em que pensamos em Ozzy (na época com Dio) foi quando Randy morreu no acidente aéreo. Estávamos no hotel, em turnê, e saiu no rádio: ‘membros da banda de Ozzy Osbourne morrem em uma queda de avião’. Todos nós entramos em pânico e ligamos para os empresários, a equipe dele, e eles disseram que era Randy que havia morrido e Ozzy estava ok. Estávamos em turnê em algum lugar dos Estados Unidos. Acho que nenhum de nós nunca conheceu Randy pessoalmente.”

O acidente que matou Randy Rhoads

Além de Randy Rhoads, morreram naquele acidente o piloto Andrew Aycock e a assistente de figurino Rachel Youngblood, membro da equipe de Ozzy Osbourne. O vocalista e outros integrantes da banda e da equipe estavam em um ônibus que foi atingido pelo avião antes de cair, mas nenhum deles se feriu.

Aycock, naquela ocasião, era o motorista de ônibus de turnê de Ozzy pelos Estados Unidos – na época, os músicos viajavam pelo país para divulgar o álbum “Diary of a Madman”. Eles haviam dado um intervalo na viagem por terra para consertar um problema no veículo. O local onde pararam, em Leesburg, na Flórida, tinha uma pista de voo com alguns pequenos aviões, com os quais Aycock resolveu se divertir.

O piloto chegou a fazer um primeiro voo com o tecladista Don Airey e tudo correu normalmente. Randy tinha medo de voar, mas foi convencido pelo colega músico a entrar na aeronave. Além disso, o guitarrista queria tirar algumas fotos do campo, com vista aérea, para mostrar à mãe.

Airey foi o único integrante da banda a testemunhar o acidente que vitimou Randy Rhoads. Ozzy Osbourne, Rudy Sarzo e o baterista Tommy Aldridge estavam dormindo dentro do ônibus.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
0
Share