Porcupine Tree tem chances de voltar? Steven Wilson responde

O Porcupine Tree encerrou as atividades em 2010, quando o líder Steven Wilson e os outros membros da banda resolveram se dedicar a trabalhos solo. Será que a banda pode voltar?

O Porcupine Tree encerrou as atividades em 2010, quando o líder Steven Wilson e os outros membros da banda resolveram se dedicar a trabalhos solo.

A situação do grupo era incerta até 2018, quando Wilson descartou qualquer possibilidade de retorno. Porém, o vocalista parece estar aberto a uma reunião, embora não tenha fixado uma data.

- Advertisement -

O músico foi questionado sobre o Porcupine Tree e sua relação atual com o rock progressivo durante entrevista ao programa de rádio Profil Prog, que foi transcrita pelo Ultimate Guitar.

A resposta reacendeu a esperança dos fãs, que não achavam possível que o frontman retornasse com o projeto mais famoso de sua carreira.

“O que eu sempre digo para as pessoas é: ‘quando você menos espera que eu faça algo, é provavelmente quando eu vou fazer’. Eu sempre disse [sobre o] Porcupine Tree: posso imaginar que provavelmente faremos um novo disco um dia. Não sei quando.

Provavelmente faremos no momento em que todos menos esperarem. Ouça, eu ainda amo o chamado rock progressivo. Mas eu não estou lá agora, honestamente. Eu não estou lá agora. Estou mais animado com outra música agora.”

Leia também:  Tenacious D suspende atividades após piada de Kyle Gass sobre atentado contra Trump

Desde antes do fim do Porcupine Tree, Steven Wilson já começava a se dedicar a uma carreira solo bem mais eclética, que ele vem explorando a fundo nos últimos anos. Seus álbuns transitam entre o pop e a música eletrônica, além de outras influências.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasPorcupine Tree tem chances de voltar? Steven Wilson responde
André Luiz Fernandes
André Luiz Fernandes
André Luiz Fernandes é jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo (UMESP). Interessado em música desde a infância, teve um blog sobre discos de hard rock/metal antes da graduação e é considerado o melhor baixista do prédio onde mora. Tem passagens por Ei Nerd e Estadão.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades