Notícias

Crashdiet adia shows no Brasil para setembro devido ao coronavírus


O Crashdïet confirmou que seus shows no Brasil, marcados para o fim deste mês de março, foram adiados para setembro. As apresentações remarcadas seguem contando com o Bastardz na abertura e acontecem em:

– 24/09: Belo Horizonte (Mr. Rock)
– 25/09: São Paulo (Manifesto)
– 26/09: Curitiba (Jokers)
– 27/09: Rio de Janeiro (Espaço Kubrick)

A OnStage Agência, responsável pela turnê, comunicou: “Também fomos atingidos pela devastadora onda de adiamentos. A turnê da banda sueca de hard rock Crashdiet, que aconteceria na última semana deste mês de março, impossibilitada de ser realizada por questões de saúde pública mundial, foi adiada para setembro”.

A empresa complementa: “Os ingressos já adquiridos para os shows deste mês continuam válidos para setembro. Para quem não puder comparecer nas datas de São Paulo, Curitiba ou Rio de Janeiro, por favor entrar em contato com o site Bilheto”.

“Rust”

A turnê pelo Brasil tem o intuito de promover o novo álbum “Rust”, lançado em setembro de 2019. O material chegou a público por meio da Frontiers Music Srl e é o quinto de estúdio da banda.

Leia aqui o que achei de “Rust”, do Crashdïet

O trabalho marca a estreia do vocalista Gabriel Keyes, que ocupa a vaga que já foi de Dave Lepard (2000-2006, falecido), H. Olliver Twisted (2007-2008) e Simon Cruz (2009-2015). Os demais integrantes seguem sendo Martin Sweet na guitarra, Peter London no baixo e Eric Young na bateria.

Como atração de abertura, a banda convidada da turnê é a nacional Bastardz, que retorna aos palcos após um período inativo. Nome conhecido do sleaze rock no Brasil, o grupo tem relação próxima com o Crashdïet, já que o baixista Peter London aparece no clipe de “Let it Fuckin’ Roll”, lançado pelos músicos tupiniquins em 2015.

Esta será a terceira vez da Crashdïet no Brasil. Na estreia em solo nacional, a banda sueca fez parte do festival SWU ao lado de nomes como Rage Against The Machine e Linkin Park, que aconteceu em 2010 em Paulínia, no interior de São Paulo. Quatro anos depois, em 2014, excursionou ao lado de Richie Kotzen (ex-Poison e Mr. Big).


Igor Miranda
Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Escreve sobre música desde 2007. Atualmente, é redator do Whiplash.Net, o maior site sobre rock e heavy metal do Brasil. Também é editor-chefe da revista e site Guitarload, para guitarristas, e redator do site Revista Cifras, a página editorial do portal Cifras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *