Keith Richards, dos Rolling Stones, afirma que praticamente parou de beber

O mundo não será mais o mesmo a partir da revelação feita por Keith Richards, guitarrista dos Rolling Stones, em entrevista ao site da revista Rolling Stone. Conhecido por seus excessos no álcool e nas drogas, o músico disse que, praticamente, parou de beber.

“Já faz um ano. Tirei a tomada disso. Fiquei de saco cheio”, afirmou Richards, que completa 75 anos na próxima semana.

A expressão “praticamente” foi utilizada para descrever a sobriedade de Keith Richards porque, de certo modo, ele não parou de consumir álcool por completo. Ocasionalmente, o guitarrista ainda bebe uma taça de vinho ou um copo de cerveja, mas não vai além disso, porque sentiu que “era a hora de parar, assim como todas as outras coisas… não percebo diferença, a não ser de que não bebo – não estava sentindo que era algo certo, simplesmente não quis mais”.

– Tony Iommi diz estar impressionado pelo fato de Keith Richards estar vivo

Colega de Keith Richards nas guitarras dos Stones, Ron Wood refletiu sobre a sobriedade de Keith Richards durante a mesma publicação. Wood, que está sóbrio desde 2010, disse que ofereceu “todo o apoio” para o amigo. “Não funcionava mais para ele, sabe? O Keith que conhecíamos tinha um limite. Se ele bebesse algo além do limite, ele se tornava alguém desagradável. Esse limite se tornou cada vez mais curto e ele percebeu isso”, afirmou.

Wood destacou, ainda, que a sobriedade de Richards fez com que se tornasse “um prazer” trabalhar com ele. “Ele está muito mais maduro. Está mais aberto a ideias que, antes, me faziam ranger os dentes e pensar: ‘ele vai falar m*rda por sugerir isso’. Agora, ele só diz: ‘legal, cara'”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
0
Share