‘A guitarra pode ter chegado ao fim’, diz Eric Clapton

Eric Clapton não está muito animado com relação ao futuro do rock e subgêneros que destacam a guitarra. Em entrevista à Billboard, o músico deu sua opinião sobre as vendas cada vez mais baixas do instrumento e o fato de os jovens preferirem a música eletrônica nos dias de hoje.

Inicialmente, Clapton disse que desconhecia a situação atual. “Eu não sabia que as coisas estavam tão ruim assim (risos). Estou desligado de tudo, não sei do que está acontecendo. Também não sei o que irá acontecer. Eu acho que tudo que seja relacionado a um processo natural irá chegar onde deve estar”, afirmou.

- Advertisement -

Saiba mais sobre a doença que acometeu Eric Clapton

Em seguida, o músico comentou que seus filhos ouvem classic rock, mas que a culpa pode ser ele, pois foi esse estilo de música que foi mostrado aos garotos. “Desde que eles foram concebidos, eles ouvem música pelo útero. Tocava playlists e fazia lavagem cerebral. Sempre tinha guitarra, algum instrumento ou cantor. Acho que, na música, tudo é bom. Mesmo coisas que não parecem boas, são boas”, afirmou.

Por fim, a Billboard apresentou estatísticas sobre vendas de guitarras a Eric Clapton. Hoje em dia, cerca de 1 milhão de guitarras são vendidas por ano, em comparação a 1,5 milhão anuais de algum tempo atrás. Além disso, as duas maiores empresas produtoras do instrumento, Gibson e Fender, passam por dificuldades financeiras, e a terceira, PRS, teve que cortar funcionários e investir em linhas mais baratas.

Depois de ficar sabendo sobre tudo isso, Eric Clapton deu sua opinião de forma resumida. “Eu não sei. Talvez, as guitarras possam ter chegado ao seu fim. É uma boa pergunta”, disse, aos risos.

Leia também:  Slash anuncia transmissão ao vivo de show com sua banda de blues

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotícias'A guitarra pode ter chegado ao fim', diz Eric Clapton
Igor Miranda
Igor Miranda
Igor Miranda é jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital. Escreve sobre música desde 2007. Além de editar este site, é colaborador da Rolling Stone Brasil. Trabalhou para veículos como Whiplash.Net, portal Cifras, revista Guitarload, jornal Correio de Uberlândia, entre outros. Instagram, Twitter e Facebook: @igormirandasite.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades