Baterista do Black Keys detona novo disco de Michael Jackson: “porcaria”

 

O novo disco do Black Keys, “Turn Blue”, disputa a primeira posição das paradas de vários países do mundo com “Xscape”, álbum póstumo de Michael Jackson.
Embalado com a recente rivalidade, o baterista do Black Keys, Patrick Carney, comentou algo pouco agradável sobre o novo trabalho do Rei do Pop em entrevista à revista Rolling Stone.
“É uma porcaria tão grande que foram três anos de trabalho para tornar esse disco audível. Até parece que ele deveria estar morto há três anos para que isso fosse lançado”, afirmou o músico.
Carney tem uma opinião forte sobre o motivo pelo qual “Xscape” só chegou agora ao público. “Isso só foi lançado porque o empresário L.A. Reid queria um novo barco”, disse.
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
0
Share