Bill Berry admite arrependimento por ter deixado o R.E.M.

Baterista se afastou da banda em 1997, dois anos após ter tratado um aneurisma cerebral

O baterista Bill Berry deixou o R.E.M. em 1997. Dois anos antes, o músico havia se submetido a uma cirurgia de grande proporções, após exames terem descoberto um aneurisma cerebral. A banda não o substituiu oficialmente, se valendo de membros convidados na função até o encerramento das atividades, no ano de 2011.

Recentemente, o grupo se reuniu para receber uma homenagem no Songwriters Hall of Fame, em Nova York. Houve até espaço para uma performance de “Losing My Religion”, maior sucesso da carreira – que pode ser conferida clicando aqui. Porém, não passou disso e os fãs não devem esperar por um reencontro em tempo integral.

- Advertisement -

Antes da cerimônia, os músicos concederam entrevista ao CBS Mornings. Na ocasião, Bill reconheceu arrependimento com a decisão de sair de cena. Não exatamente no momento, mas algum tempo depois. Conforme transcrição do Ultimate Classic Rock, ele disse:

“É claro que me arrependi depois. Mas foi um período estranho para mim e acabei fazendo com que ficasse estranho para todo mundo.”

O mal-estar na Suíça

Berry descobriu o aneurisma após sofrer um colapso em pleno palco durante show do R.E.M. na Suíça, em 1º de março de 1995. De acordo com o próprio, aquilo drenou seu entusiasmo.

Leia também:  A lenda da música que ensinou Mick Jagger a dançar

“Não vou usar isso como desculpa. Talvez isso tenha realmente diminuído meu nível de energia. Eu era tipo A, hiperativo até então. De repente, simplesmente não tinha a mesma motivação de antes. Não me arrependi de ter saído na época, mas me arrependi um pouco mais tarde.”

Além do evento no Songwriters Hall of Fame, Bill participou da indução do grupo ao Rock and Roll Hall of Fame, ocorrida em 2007.

R.E.M. e o Songwriters Hall of Fame 2024

Além do R.E.M., foram induzidos ao Songwriters Hall of Fame em 2024: Hillary Lindsey, Dean Pitchford, Steely Dan, Timbaland e Cindy Walker – a última em caráter póstumo. Diane Warren será homenageada com o Johnny Mercer Award, enquanto SZA receberá o Hal David Starlight Award.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasBill Berry admite arrependimento por ter deixado o R.E.M.
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades