Novo álbum do MC5 é anunciado meses após morte de Wayne Kramer

Trabalho foi gravado com o guitarrista e o baterista Dennis Thompson ainda presentes; ambos faleceram recentemente

O MC5 confirmou o lançamento do álbum “Heavy Lifting” para 18 de outubro, via earMUSIC – um dia antes da indução do grupo ao Rock and Roll Hall of Fame. Com 13 faixas em sua versão convencional, o trabalho é o primeiro de inéditas da banda desde “High Time”, disponibilizado em 1971.

O guitarrista e líder do grupo, Wayne Kramer, assim como o baterista Dennis “Machine Gun” Thompson – que aparece apenas em parte dos registros –, faleceram após as gravações. O vocalista Brad Brooks participou ativamente do processo criativo, que teve produção de Bob Ezrin (Kiss, Pink Floyd, Alice Cooper, Lou Reed, Deep Purple, etc…).

- Advertisement -

Em material promocional, o produtor destaca:

“É um disco muito pesado. Tem uma mensagem revolucionária, mas também um grande senso de humor. Há um pouco de heavy metal. Há bastante funk. Mas é um disco pesado, com guitarras à esquerda, à direita e ao centro dos alto-falantes. Apenas uma parede de guitarras na maior parte do tempo, conduzida por Wayne e seu ethos. É um retrato instantâneo de um guitarrista no auge de seus poderes. Todos nós sentimos a responsabilidade de garantir que seu trabalho seja ouvido e ele seja celebrado. Colocamos nossos corações no projeto.”

O primeiro single, “Boys Who Play With Matches”, pode ser conferido no player abaixo.

Convidados e disco extra ao vivo

Para a empreitada, os músicos remanescentes da formação clássica contaram com o apoio de uma série de convidados. Entre eles, estão nomes como Slash (Guns N’ Roses), Tom Morello (Rage Against the Machine), William DuVall (Alice in Chains), Vernon Reid (Living Colour), Don Was, Abe Laboriel Jr (Paul McCartney) e Tim McIlrath (Rise Against).

A edição especial em CD e LP ainda trará um disco extra com registros da última turnê do grupo. À época, Wayne se cercou de um lineup que contava com o cantor Marcus Durant (Zen Guerrilla), o guitarrista Kim Tahyil (Soundgarden), o baixista Billy Gould (Faith No More) e o baterista Brendan Canty (Fugazi). Mark Arm (Mudhoney) também faz uma aparição especial.

Leia também:  Playback? A alfinetada de Dave Grohl contra Taylor Swift durante show do Foo Fighters

Com as mortes de Kramer e Thompson, os cinco integrantes da formação clássica do MC5 partiram desta existência. O vocalista Rob Tyner se foi em 1991, enquanto o guitarrista Fred “Sonic” Smith desencarnou três anos mais tarde. Em 2012 foi a vez do baixista Michael Davis.

MC5 – “Heavy Lifting”

  1. Heavy Lifting (feat. Tom Morello)
  2. Barbarians At The Gate
  3. Change, No Change
  4. The Edge Of The Switchblade (feat. William Duvall and Slash)
  5. Black Boots (feat. Tim McIIrath)
  6. I Am The Fun (The Phoney)
  7. Twenty-Five Miles
  8. Because Of Your Car
  9. Boys Who Play With Matches
  10. Blind Eye (feat. Dennis Thompson)
  11. Can’t Be Found (feat. Vernon Reid and Dennis Thompson)
  12. Blessed Release
  13. Hit It Hard (feat. Joe Berry)

2º disco das versões especiais em LP e CD

  1. Ramblin’ Rose
  2. Kick Out The Jams
  3. Come Together
  4. Motor City Is Burning
  5. Borderline
  6. Gotta Keep Movin’
  7. Future/Now
  8. Poison
  9. Shakin’ Street
  10. Sister Anne

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioLançamentosNovo álbum do MC5 é anunciado meses após morte de Wayne Kramer
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades