Steve Perry grava backing vocals em versão para lado B do Journey; ouça

Cantor apareceu em releitura de “It Could Have Been You” executada pelo The Effect — banda com filhos de Phil Collins e Steve Lukather

Steve Perry, vocalista da formação clássica do Journey, ofereceu backing vocals para a regravação de uma música lado B da banda. O cantor de 75 anos participou de uma nova versão para a faixa “It Could Have Been You”, presente no álbum “Raised on Radio” (1986), que saiu nas plataformas digitais nesta terça-feira (7) – clique aqui para ouvir.

A releitura foi lançada pelo grupo The Effect, que inclui na formação o guitarrista Trev Lukather e o baterista Nic Collins, respectivamente, filhos de Steve Lukather e Phil Collins. Por fim, o tecladista Steve Maggiora, do Toto, e o vocalista Emmett Stang também fazem parte do lineup.

- Advertisement -

A voz de Perry surge bem discreta ao fundo da faixa. Anúncios anteriores não confirmavam como seria a participação, o que levou muitos fãs a acreditarem que ele assumiria vocais principais pelo menos em algum trecho.

Ouça pelo YouTube a seguir.

Por meio de uma postagem nas redes sociais, Steve revelou como a colaboração surgiu. Segundo relato do próprio, a ideia de dar uma nova cara para a faixa partiu dele, mas o convite para que participasse veio de Trev. 

O artista escreveu:

“Em 1986, o álbum ‘Raised on Radio’ do Journey foi lançado, com uma música que sempre pensei nela como um diamante bruto. Conheço Trev Lukather desde que ele tinha nove anos de idade e ele é um músico muito talentoso. Um dia estávamos conversando sobre sua nova banda, The Effect, e ele surpreendentemente mencionou que ‘It Could Have Been You’ é uma de suas faixas favoritas daquele disco. Eu disse a ele que sentia o mesmo e aí falei: ‘por que você não a regrava?’. Ele perguntou se eu cantaria se eles fizessem isso e eu respondi: ‘é claro, meu precioso!’. Devo dizer que cantar nessa faixa tão poderosa trouxe à tona em mim a experiência vocal que eu tinha anos atrás.”

Trev, por sua vez, publicou um longo texto, no qual destacou a admiração pelo vocalista e detalhou o processo de trabalhar em “It Could Have Been You”. A pressão veio não só por estar ao lado de uma de suas maiores admirações, como também por regravar uma composição do tecladista e sogro Jonathan Cain, pai de sua esposa Madison Leigh Lukather, como afirmou:

“Além do meu pai, Steve Perry tem sido um mentor para mim. Quando ele ouviu a minha banda, me ligou e expressou o quanto ele realmente amava o que estávamos fazendo. Isso significou o mundo. Na mesma ligação, comecei a ficar empolgado com uma música menos conhecida do Journey, ‘It Could Have Been You’. Surgiu a ideia de The Effect fazer nossa própria versão. Perguntei a Steve se ele poderia cantar e ele aceitou. Mesmo que já tivéssemos terminado nosso álbum, era uma ideia boa demais para deixar passar. Sempre aproveitarei qualquer chance que eu tenha de trabalhar com meu querido irmão Steve. 

Primeiramente, fiz a produção com Emmett liderando os vocais principais para realmente apresentar a ele o que tínhamos em mente. Steve veio ao estúdio enquanto estávamos gravando a bateria. Vou lembrar para sempre sua primeira reação ao ouvir. Sua empolgação por podermos ressuscitar uma música esquecida do Journey com uma nova vida obviamente também foi canalizada, porque Steve apareceu no dia seguinte e abalou a casa com sua performance vocal. Acho que nossos vizinhos pensaram que estava acontecendo novamente um terremoto. O poder dos vocais de Steve está em outro nível. É único. É por isso que ele é o melhor de todos os tempos. 

Para aumentar a pressão de fazer justiça à música, eu não queria apenas ir bem pelo meu amigo e mentor, mas também pelo meu sogro, Jonathan Cain, que é o co-autor dessa música épica. Enviei para ele a gravação masterizada quando finalizamos. Ele me ligou atordoado e deslumbrado. Ele elogiou o arranjo e as performances e disse que Steve Perry soava bem mais. Conseguir a aprovação de ambos foi tudo, mas temos a sensação de que o mundo se conectará à nossa versão da mesma forma que todos nós fizemos.”

Sobre o The Effect

O The Effect surgiu no ano passado. Até o momento, a banda já lançou três singles e prepara o seu álbum de estreia. Nos próximos meses, abrirá uma série de shows nos Estados Unidos para Billy Idol em maio, enquanto, entre junho e julho, apoiará Toto em território europeu.

Sobre Steve Perry

Nascido em Hanford, Califórnia, Stephen Ray Perry começou cantando na cena local. Quando estava na banda Alien Project, abandonou a música após o baixista morrer em um acidente de carro. Foi convencido pela mãe a voltar.

Fez história como vocalista do Journey, estabelecendo os padrões básicos para um vocalista do subgênero conhecido popularmente como AOR. Ainda lançou 4 álbuns solo, incluindo um de canções natalinas.

Participou do projeto USA For Africa. Também apareceu em gravações de Sammy Hagar, Kenny Loggins, Dolly Parton, Jason Becker, Robert Cray e Crosby, Stills, Nash & Young, entre vários outros.

Após sua segunda saída do Journey, no final do século passado, se distanciou do show business visando evitar a espetacularização da vida pessoal. Mesmo tendo voltado a gravar, não costuma fazer muitas aparições públicas.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

Leia também:  As atrações funk no único dia rock do Rock in Rio 2024
ESCOLHAS DO EDITOR
InícioLançamentosSteve Perry grava backing vocals em versão para lado B do Journey;...
Igor Miranda
Igor Miranda
Igor Miranda é jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital. Escreve sobre música desde 2007. Além de editar este site, é colaborador da Rolling Stone Brasil. Trabalhou para veículos como Whiplash.Net, portal Cifras, revista Guitarload, jornal Correio de Uberlândia, entre outros. Instagram, Twitter e Facebook: @igormirandasite.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades