Como Kiki Wong superou 10 mil guitarristas e entrou para o Smashing Pumpkins

Famosa nas redes sociais, instrumentista se juntará à banda em sua próxima turnê como integrante convidada

No final de abril o Smashing Pumpkins anunciou a efetivação da guitarrista Kiki Wong para sua próxima turnê. Ela se junta à tecladista Katie Cole e ao baixista Jack Bates entre os músicos que dão suporte aos membros oficiais, Billy Corgan (vocal e guitarra), James Iha (guitarra) e Jimmy Chamberlin (bateria).

Para a função, o grupo havia dado início a uma busca online, deixando livre para que qualquer pessoa se candidatasse. Mais de 10 mil submissões foram registradas. Porém, o líder da empreitada reconheceu que já admirava o trabalho da nova colega antes mesmo desse período.

- Advertisement -

Em entrevista exclusiva à Guitar World, a artista falou sobre como se candidatou à vaga. Ela começou contando ter desconfiado da proposta:

“À primeira vista, não achei que fosse real. Mas quando cliquei e vi que havia sido postada pela conta oficial do Smashing Pumpkins, fiquei surpresa. Eu pensei: ‘cara, que coisa incrível eles estão fazendo para dar a todos a chance de fazer parte de uma banda tão icônica’.”

Porém, também seria necessário superar um outro obstáculo: a conciliação da maternidade com os palcos.

“Pensei que meus dias de turnê haviam acabado, já que agora tenho um filho pequeno. Eu meio que perdi as esperanças de qualquer turnê futura, embora meu sonho sempre tenha sido tocar para um mar de pessoas na plateia. Mas meu namorado me encorajou e disse que eu tinha que me inscrever. Então, juntei um currículo e enviei, pensando que provavelmente iria se perder.”

A prova de fogo

Wong foi convocada para uma chamada no Zoom com a banda, seguida por um teste presencial em Los Angeles. Na ocasião, mostrou sua capacidade tocando “Today”, “Cherub Rock”, “Jellybelly” e “Bullet With Butterfly Wings”.

Leia também:  Mulher desiste de processo contra Tommy Lee por abuso com intenção de acioná-lo novamente

“Eu pratiquei essas músicas como se minha vida dependesse disso por três semanas. Assisti a todos os vídeos ao vivo que encontrei na internet, de 1996 a 2023, tentando analisar cada movimento. Foi uma loucura, mas eu queria ter certeza de que fiz tudo certo, não apenas pela maneira como pensei que soavam. O teste foi em um dos maiores estúdios de ensaio no qual já estive. Meu coração estava a mil, porque quase toda a formação original da banda estava lá. Foi como rever minha adolescência, mas na vida real.”

Curiosamente, a decisão da banda em efetivá-la não demorou quase nada.

“No dia seguinte recebi a ligação que mudou minha vida. Foi a maior alegria que senti desde o nascimento do meu bebê.”

Sobre Kiki Wong

Treinada em formação musical desde a infância, Kiki Wong já realizou trabalhos com artistas como Taylor Swift e Bret Michaels (Poison). Também integrou a banda She Demons, montada por Jerry Only, baixista e líder do The Misfits. Atualmente, toca no Vigil of War.

Leia também:  As diferenças criativas do System of a Down, explicadas por Serj Tankian

Seu canal no YouTube conta com mais de 200 mil inscritos, trazendo versões próprias para músicas de vários artistas. Também possui quase 700 mil seguidores no Instagram e 1,3 milhão no TikTok.

Smashing Pumpkins em turnê

Além de shows próprias na América do Norte e Europa, o Smashing Pumpkins abrirá a próxima turnê do Green Day. Na ocasião, a atração principal executará na íntegra seus álbuns mais bem-sucedidos, “Dookie” (1994) e “American Idiot” (2024). Rancid e The Linda Lindas também integram o lineup.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasComo Kiki Wong superou 10 mil guitarristas e entrou para o Smashing...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades