Show de Roberto Carlos que inauguraria Arena Pacaembu é cancelado após vistoria

Apresentação seria o primeiro evento sediado pelo complexo que envolve um dos estádios mais tradicionais de São Paulo

O show que Roberto Carlos faria nesta sexta-feira (19) em São Paulo foi cancelado. O evento marcaria a inauguração da Mercado Livre Arena Pacaembu, complexo poliesportivo e artístico localizado no Estádio Paulo Machado de Carvalho, um dos mais tradicionais da capital paulista e do futebol brasileiro como um todo.

Em comunicado, a prefeitura alegou falta de segurança no espaço para que a apresentação pudesse ser levada adiante. Uma última tentativa junto ao Corpo de Bombeiros e a Secretaria Municipal de Urbanismo foi feita às vésperas, mas sem sucesso.

- Advertisement -

Disse o prefeito Ricardo Nunes, conforme registro do G1:

“Infelizmente não podemos liberar. Tentei pedindo uma nova vistoria hoje, mas os técnicos e bombeiros não aprovaram.”

O concerto seria realizado no segundo subsolo da estrutura. Na avaliação, se concluiu que a área não conseguiria receber as cerca de 3 mil pessoas, entre convidados e trabalhadores.

Diz o documento assinado pelo Coronel Comandante do Corpo de Bombeiros, Alexandre Merlin:

“É importante salientar que a edificação onde ocorrerá o evento não possuí licença vigente do Corpo de Bombeiros. (…) Caso o evento ocorra, será em total revelia ao Corpo de Bombeiros. Ademais, conforme processo de fiscalização, a edificação foi advertida em 18 de abril por não possuir licença, conforme a lei. Sendo assim, solicito a essa secretaria adoção de medidas pertinentes a evitar a realização do evento em desacordo com a legislação.”

Entre as irregularidades apontadas estão:

  • rotas de fuga obstruídas em caso de incêndio;
  • sistema de hidrantes despressurizado;
  • falta de instalação de sistema central de alarme de incêndio;
  • chuveiros anti-incêndio e portas corta fogo desinstalados.
Leia também:  Ator de Carlton diz que “Um Maluco no Pedaço” acabou com sua carreira

Em nota, a concessionária Allegra Pacaembu havia negado anteriormente qualquer irregularidade e declarou ter autorização da Prefeitura de São Paulo para que o show acontecesse. O texto (via G1) diz:

“A realização do show, hoje, atenderá a todas as normas vigentes na cidade e oferecerá as condições de conforto e segurança necessárias para uma experiência de alta qualidade ao público que comparecer à Mercado Livre Arena Pacaembu. O evento cumprirá ainda todas as condições estabelecidas pela Prefeitura de São Paulo no despacho que AUTORIZA a realização do evento. A respeito do ofício do Corpo de Bombeiros a concessionária informa que dará todas as respostas necessárias à corporação demonstrando que cumpre a legislação para um evento em local temporário.”

Shows na Arena Pacaembu

O show seria o primeiro evento da administração do local em parceria com a Four Even. O acordo com o fundo de investimento especializado em entretenimento prevê a realização de 80 shows por ano durante o período de uma década.

No passado, o Pacembu recebeu apresentações históricas de artistas internacionais. Entre os festivais que passaram por lá estão as três primeiras edições do Monsters of Rock e o Hollywood Rock – incluindo a história primeira turnê dos Rolling Stones pelo país.

Em janeiro foi anunciado acordo com o Mercado Livre, líder em comércio eletrônico e serviços financeiros na América Latina. A empresa adquiriu os naming rights em um contrato com prazo de até 30 anos, que pode superar R$ 1 bilhão durante o período, se tornando o maior contrato da história da compra do nome de uma arena no Brasil.

Leia também:  Descendents e Circle Jerks anunciam dois shows no Brasil para dezembro

A proposta adotada prevê exposição de marcas, amplo espaço de mídia e benefícios que envolvem o ecossistema Mercado Livre, como Mercado Play, plataforma de streaming do Grupo, Meli+, o programa de fidelidade da empresa, e o Mercado Pago, banco digital que passa também a ser o meio de pagamento oficial do Complexo Esportivo.

O Complexo Multiuso

Entre outras iniciativas estão a implementação de um edifício multiuso que irá abrigar um hotel, um centro de medicina esportiva, um hub de inovação e uma galeria de arte. Na cobertura, haverá uma grande área pública, uma praça elevada, com vista privilegiada da cidade. O subsolo abrigará o já mencionado Mercado Pago Hall.

O esporte, mote tradicional do espaço, será beneficiado com projetos sociais e investimentos na formação de novos atletas através de contratos com as confederações nacionais.

Áreas como a piscina olímpica, ginásio poliesportivo, centro de tênis e pista de atletismo serão utilizadas para receber atletas e eventos da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAT), Confederação Brasileira de Natação (CBDA), Confederação Brasileira de Wrestling (CBW), Confederação Brasileira de Boxe (CBBOXE), Confederação Brasileira de Handebol (CBHB), Liga de Basquete Feminino (LBF) e Confederação Brasileira de Triathlon (CBTRI).

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasShow de Roberto Carlos que inauguraria Arena Pacaembu é cancelado após vistoria
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades